Câmara aprova votos de saudação pelos 15 anos das três freguesias mais jovens do concelho e de pesar pela morte de Augusto Cymbron

A Câmara Municipal de Ponta Delgada aprovou, na sua última reunião ordinária, por unanimidade, seis votos, três dos quais de saudação, pela comemoração do 15º aniversário da primeira eleição dos órgãos autárquicos das freguesias de Ajuda da Bretanha, Pilar da Bretanha e Santa Clara. Os votos foram apresentados sob proposta da Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, Maria José Lemos Duarte.
Os votos agora aprovados deixam uma palavra de reconhecimento a todos os eleitos locais na pessoa dos sucessivos presidentes de Junta e destacam o facto de a elevação a freguesia de Ajuda da Bretanha, Pilar da Bretanha e Santa Clara terem constituído um forte contributo para a melhoria das condições de vida das respectivas populações.
Apresentado sob proposta do Vice-presidente, Pedro Furtado, foi aprovado por unanimidade um voto de pesar pela morte de Augusto Cymbron.
Augusto Cymbron nasceu em Lisboa, mas viveu sempre em Ponta Delgada. Notabilizou-se pelo seu carácter empreendedor,  como empresário e como político.
Nos alvores da autonomia político-administrativa açoriana foi um dos fundadores do CDS nos Açores, tendo exercido as funções de Presidente do Conselho Regional e de Conselheiro Nacional do partido.
Como empresário, foi agraciado, em 2012, com a Insígnia Autonómica de Mérito Industrial, Comercial e Agrícola, atribuída pela Assembleia Legislativa Regional dos Açores, por ter fundado e dirigido várias empresas, ligadas a diferentes áreas de negócios, em São Miguel, acabando por ter sido eleito, em 2006, Presidente da ANAREC - Associação Nacional de Revendedores de Combustíveis.
Augusto Cymbron alcançou um trabalho meritório dentro da sua área académica, ao ter escrito o livro “Açorianos Ilustres”, publicado pela editora Letras Lavadas, com o apoio da Câmara Municipal de Ponta Delgada.
Foi ainda aprovado por unanimidade um voto de saudação pelos 45 anos do Agrupamento 433 dos Arrifes do CNE, sob proposta do vereador da Juventude e Desenvolvimento Social, Paulo Mendes.
Neste voto, salienta-se o facto de os escuteiros serem parceiros da autarquia nas causas públicas, merecendo do Município de Ponta Delgada a atenção e disponibilidade de apoio para que possam continuar a sua ação cívica e solidária no concelho.
Com este voto, homenageou-se, de forma mais directa, todas as pessoas que ao longo desses 45 anos deram o seu contributo para a existência e consolidação do Agrupamento 433 dos Arrifes do Corpo Nacional de Escutas e, simultaneamente, valorizar o movimento associativo e todos os aqueles que dedicam o seu tempo e dão muito de si para uma sociedade melhor.
Por último, e sob proposta do Vice-presidente da Câmara, foi aprovado por unanimidade um voto de saudação à Igreja Evangélica Assembleia de Deus Pentecostal em São Miguel pelo seu 75º Aniversário. Como se pode ler no voto, “ao instalar-se em Ponta Delgada, a Igreja Evangélica Assembleia de Deus Pentecostal em São Miguel vincou as características, a vocação cosmopolita e multicultural do nosso concelho, que é uma porta aberta ao mundo, respeitadora das várias e múltiplas diferenças religiosas, sociais e culturais”.
 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima