Equipas de Nossa Senhora de São Miguel e Santa Maria iniciam novo ano pastoral sob o lema “Matrimónio-sacramento de missão”

“Matrimónio-sacramento de missão” é o lema que o Sector Açores Oriental do Movimento Equipas de Nossa Senhora adoptou para este ano pastoral que começou Sexta-feira passada com uma Eucaristia, na igreja de São José, em Ponta Delgada.
Numa nota enviada ao Igreja Açores o movimento, cuja actividade regular está igualmente afectada pela pandemia, afirma estar “aberto a receber novos casais que queiram aprofundar a sua fé em equipa, apoiando-se mutuamente na sua vida cristã e de casal.
Actualmente com oito equipas activas em São Miguel, que mobilizam cerca de 30 casais e equipistas em situação de viuvez, o Movimento das Equipas de Nossa Senhora mantém a reunião mensal das equipas, duas vigílias- no Advento (a próxima será no dia 7 de Dezembro, também na Igreja de São José) e em Maio (vigilia mariana), e as restantes actividades como retiros, jornadas de reflexão, entre outros, “vão sendo ajustados em função das orientações emanadas por causa da situação da Covid-19”É o caso deste momento de abertura do novo ano pastoral que se vai limitar à celebração da Eucaristia, que é central na vida do Movimento, não se realizando a habitual confraternização e partilha entre as várias equipas.
O Movimento das Equipas de Nossa Senhora que chegou há mais de meio século aos Açores tem oito equipas na maior ilha e 21 na Terceira.
Fundado pelo padre Henri Caffarel, cujo processo de beatificação está a correr em Roma, o projecto das Equipas de Nossa Senhora é um projeto de espiritualidade conjugal para “ajudar os casais a caminhar na santidade”.
Está actualmente presente em 92 países dos vários continentes, integrando um total de 135 mil membros.
 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima