PS/A vence as eleições

O PS/Açores venceu ontem as eleições legislativas regionais com 39,13% dos votos e a eleger 25 deputados, ficando a 4 deputados da maioria absoluta. Os socialistas açorianos perderam 2.565 votos em relação às eleições regionais de 2016.
Foram eleitos  pelo PS, Bárbara Chaves e João Costa por Santa Maria; Vasco Cordeiro, Sandra Faria, Patrícia Miranda, Rui Anjos, Francisco César, Maria Carvalho, Vilson Gomes, José Contente, e Célia Pereira, por São Miguel; Sérgio Ávila, Tiago Lopes, Andreia Costa, Rodolfo França e Berto Messias, pela Terceira; José Ávila e Manuel Ramos pela Graciosa; Miguel Costa e Mário Tomé, pelo Pico; Ana Luís e Tiago Branco, pelo Faial; José Eduardo pelas Flores e Iasalde Nunes, pelo Corvo.
A segunda força política mais votada foi o PSD/Açores, com 35,091% dos votos, elegendo 21 deputados, mais dois do que nas últimas eleições legislativas regionais. Os sociais-democratas açorianos obtiveram mais 6.301 votos do que nas eleições de 2016.
Os 21 deputados do PSD/A eleitos são Elisa Sousa, por Santa Maria; José Manuel Bolieiro, Pedro Nascimento Cabral, Sofia Ribeiro, Jaime Vieira, Sabrina Furtado, Flávio Soares, António Neto Viveiros, Délia Melo e Joaquim Machado, por São Miguel; António Ventura, Rui Espínola, Vânia Ferreira e Paulo Duarte Gomes, pela Terceira; João Costa, pela Graciosa; Paulo Silveira, por São Jorge; Marco Costa, Carlos Freitas, Carlos Ferreira e Luís Garcia, pelo Faial; Carlos Freitas e Carlos Ferreira pelo Pico e Bruno Belo, pelas Flores. O CDS/PP manteve-se como terceira força política mais votada, com 5,51% dos votos, elegendo 3 deputados, menos 1 do que nas eleições de há quatro anos. Os centristas perderam 840 votos em relação às eleições regionais de 2016.
Pelo CDS/PP foram eleitos Nuno Gomes (independente); Artur Lima e Catarina Cabeceiras (independente).
O CHEGA foi a quarta força política mais votada nos Açores com 5,06% dos votos, elegendo dois deputados à Assembleia Legislativa Regionais com 5.260 votos. Foram eleitos pelos CHEGA os deputados Carlos Furtado, por São Miguel, e José Pacheco pelo, círculom de compensação.
O Bloco de Esquerda obteve 3,81% dos votos elegendo dois deputados, com 3.962 votos. O BE elegeu os deputados António Lima, por São Miguel, e Alexandra Manes, pelo círculo de compensação. 
O PPM atingiu os 2,34% dos votos, elegendo um deputado por São Jorge. Elegeu Gustavo Alves pelas Flores.
O PAN obteve 1,93% dos votos, elegendo um deputado, Pedro Neves, pelo círculo de compensação. 
O Iniciativa Liberal obteve 1,93% dos votos. Pelo IL foi eleito Nuno Alberto Barata Almeida e Sousa, pelo círculo de compensação. Pela coligação PPM/CDS.PP foi eleito Paulo Estêvão, pelo Corvo com 0,11% dos votos.

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima