Primeira Liga de Futebol

Do sofrimento ao sentimento de injustiça

Antes do início do encontro foi respeitado um minuto de silêncio em memória de José Costa Pedro. Costa Pedro destacou-se ao serviço do CD Santa Clara durante largos anos e deixou um legado na história do clube.
Ao intervalo as equipas estavam empatadas a uma bola.
Uma das grandes figuras da partida acabou por ser Pedro Gonçalves, que apontou os dois golos da turma de Alvalade.
Contudo, do outro lado, também esteve Thiago Santana, autor do golo dos “encarnados” de Ponta Delgada, que assim tornou-se no melhor marcador de sempre do CD Santa Clara, na Primeira Liga de futebol, o quinto na presente temporada na competição.
Com este resultado, o conjunto leonino tem agora 10 pontos, ao passo que o CD Santa Clara permanece com sete.
Nos outros encontros disputados, o FC Porto foi feliz na recepção ao Gil Vicente, com vitória de 1-0 sobre a formação de Barcelos. Zaidu, ex-Santa Clara foi expulso (73m) e reduziu a equipa de Sérgio Conceição a 10 elementos.
No sempre tão antecipado dérbi minhoto, o Sporting de Braga bateu o rival Vitória de Guimarães por 1-0, com a formação de Carlos Carvalhal a chegar ao golo ainda no primeiro tempo, por intermédio de Ricardo Esgaio. Foi o terceiro triunfo consecutivo para a equipa de Carlos Carvalhal, enquanto os vitorianos sofreram a primeira derrota sob a orientação de João Henriques, ex-técnico do CD Santa Clara.
 

Print
Autor: CA

Categorias: Desporto

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima