Exposição de Catarina Alves na Casa do Arcano

Materiais reciclados dão corpo a “Ensaio sobre o retorno”

O vereador da Cultura da Câmara da Ribeira Grande, Filipe Jorge, marcou presença na inauguração da exposição “Ensaio sobre o retorno”, de Catarina Alves, mostra que apresenta, na Casa do Arcano, um conjunto de peças escultóricas que nascem da simbiose de materiais reciclados.
Na ocasião, Filipe Jorge realçou que “esta é a primeira exposição que a Casa do Arcano recebe após as obras de manutenção que foram realizadas nos últimos meses. Aproveitamos a pandemia e o facto de os espaços culturais estarem fechados para realizarmos algumas melhorias”, acrescentou.
Quanto à exposição, o vereador valorizou a acção da artista. “A Catarina Alves apresenta-nos trabalhos que nasceram do recurso a materiais reciclados, dando-lhes uma nova utilidade por acção da sua criatividade e do seu pensamento, oferecendo-nos, em simultâneo, uma nova forma de olharmos para materiais que muitas vezes acabam no lixo.”
O “Ensaio sobre o retorno” não pretende ser um ensaio filosófico, apenas uma demonstração da visão da artista sobre o impacto ambiental dos resíduos que produz e qual o seu destino final. É o processo pessoal de repensar os hábitos de consumo, buscando a consciência do peso dos actos no ecossistema e consequente impacto nas gerações vindouras.
A exposição traduz a necessidade de partilhar a visão que tem do mundo em que vivemos utilizando materiais considerados resíduos, como o plástico, o papel e o vidro. Pretende ainda demonstrar a potencialidade destes materiais e, de certa forma, mitigar o impacto ao revalorizar materiais.
Catarina Alves é natural da Candelária, concelho de Ponta Delgada, formada Escultura pela Faculdade de Belas-Artes de Lisboa. Já realizou diversas exposições individuais e colectivas, tem escultura pública, representações em coleções particulares e em instituições públicas. É, também, a criadora dos troféus da Gala do Desporto de Ponta Delgada desde 2013. Tem tido um percurso variável desde 2005 com trabalho também na área da formação. Nestes últimos dois anos, após a experiência da maternidade, retomou o trabalho no ateliê, focando-se na bijuteria artesanal “Pedras de Lava” que criou em 2009, participando em feiras do Centro Regional de Artesanato.
 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima