21 de novembro de 2020

Guarda-redes André Ferreira e o encontro de amanhã com o Beira-Mar

“Temos de jogar como se fosse um jogo da Primeira Liga de futebol”

“O objectivo é sempre ganhar e passar a eliminatória. Sabemos que vai ser um jogo extremamente complicado, contra um histórico do futebol português, que também já conquistou um troféu desta competição. Encaramos este jogo com a máxima seriedade, não vai ser fácil, até porque o adversário é composto por jogadores jovens que se querem valorizar, por isso, temos que jogar com a máxima concentração para passar à fase seguinte”.
André Ferreira garantiu assim total compromisso e empenho durante os noventa minutos para que a passagem à próxima eliminatória possa ser uma realidade e para que se evitem surpresas desagradáveis.
O jogador já sabe que tanto ele, como os colegas de equipa que jogam na mesma posição, nomeadamente o Marco e o Rodolfo, trabalham afincadamente para que possam surgir oportunidades para jogarem de início, sentindo-se de igual modo “preparado para qualquer jogo”.
E porque já se sabe que na Taça de Portugal «cautelas e caldos de galinha nunca fizeram mal a ninguém», e porque esta é, de igual modo, uma prova onde historicamente surgem surpresas, o guarda-redes reconhece mesmo, que a equipa não pode, em momento algum relaxar. “A Taça de Portugal é pródiga em surpresas, mas o nosso objectivo é entrar forte, como se fosse um jogo do campeonato da Primeira Liga de futebol, que é assim que encaramos sempre todos os jogos, com a máxima seriedade e sabemos se facilitarmos um milímetro que seja, ficaremos numa posição complicada, porque o Beira-Mar tem uma equipa muito agressiva e forte, e que quer passar à fase seguinte, tanto como nós”.
André Ferreira diferencia, por outro lado, que é o guarda-redes do grupo de trabalho que tem sido mais utilizado nas “taças”, quer seja na Taça de Liga ou na Taça de Portugal, mas não fica obcecado com essa realidade, ou seja, continuará a trabalhar da mesma forma, tal como os colegas, preferindo destacar a união de todos os colegas. “Continuo a trabalhar sempre, à procura de uma oportunidade e para fazer o Marco estar bem também, ao fim-de-semana, quando joga”.
Recorde-se que os oitavos de final são, para já, o melhor registo do clube na Taça de Portugal. Da parte dos “encarnados” de Ponta Delgada há total empenho para poder contrariar e melhorar esse registo.
O Beira-Mar – Santa Clara joga-se amanhã, a partir das 13h30 (mais uma hora no continente), com transmissão em directo no Canal 11.
 

Print
Autor: CA

Categorias: Desporto

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima