Espaço modular entrou em funcionamento

Urgência do HDES com novas instalações de Pré-Triagem Covid

No início da pandemia COVID-19, as áreas de atendimento do serviço de urgência foram reorganizadas e reestruturadas com o objectivo de identificar precocemente casos suspeitos e evitar a sua admissão na Urgência Geral, sendo os utentes atendidos em espaços criados para o efeito (SU COVID Adultos e SU COVID Pediátrico). Para tal, foi criada uma área externa ao serviço, identificada como pré-triagem, inicialmente a funcionar em tendas cedidas pelo SRPCBA e Exército.
Desde quinta-feira, segundo nota daquele Hospital, a pré-triagem do serviço de urgência passou a funcionar em unidade modular, recentemente adquirida pelo HDES. Esta unidade veio melhorar as condições de trabalho dos profissionais de saúde e o atendimento aos utentes.
Com as recentes orientações sobre a definição de caso suspeito, emanadas pela DRS, houve necessidade de adequar o sistema de pré-triagem. Assim, foram criados dois espaços, um para uma primeira abordagem a todos os utentes, onde são separados aqueles que apresentam critérios clínicos sugestivos de caso suspeito dos restantes, e outro para a avaliação da gravidade da apresentação clínica dos doentes que apresentam critérios clínicos suspeitos de COVID-19. 
Desta forma, e prevendo um grande aumento de casos suspeitos, pela subtileza dos critérios clínicos, permite-nos adequar o atendimento em função da gravidade clínica. A pré-triagem, desde o seu início, tem sido efetuada por médicos internos, com apoio de um assistente operacional, posteriormente também por enfermeiros e, de agora em diante, passará a ter a colaboração de um assistente técnico. Este último terá a função de inquirir os utentes sobre as suas queixas, de proceder à inscrição administrativa e subsequente separação dos que apresentarem queixas sugestivas para a área de avaliação da gravidade da apresentação clínica sendo então atendido por um enfermeiro ou por um médico. Esta avaliação irá classificar os utentes, adultos e pediátricos, em ligeiros, moderados, graves ou críticos, enfatizando eventual critério epidemiológico associado, conforme é referido na mesma nota do HDES.

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima