Depois de 60 anos de domínio filipino

Hoje assinala-se a Restauração da Independência de Portugal

Hoje, feriado nacionmal, assinala-se o dia da  Restauração da Independência em Portugal,  que data de 1640. 
A Restauração da Independência foi o culminar de um período de grande descontentamento por parte da população portuguesa, que se manifestou sempre contra a União Ibérica, entre Portugal e Espanha, por um período de 60 anos (de 1580 a 1640). Esse período de domínio espanhol começou quando em 1578, D. Sebastião morreu na batalha de Alcácer-Quibir, no norte de África, ficando Portugal sem rei. Com a morte do jovem D. Sebastião na batalha de Alcácer-Quibir, Portugal enfrentou um problema de sucessão. D. Sebastião era muito novo e não deixou descendentes e não havia herdeiros directos para a coroa portuguesa. 
A coroa foi entregue ao seu tio-avô, o Cardeal D. Henrique, já velho e doente, que não podia ter descendentes. Foi rei de Portugal entre 1578-1580, ano da sua morte. 
Entretanto, apresentaram-se novos pretendentes ao trono, os principais netos do rei D. Manuel I: D. Filipe II de Espanha Catarina, Duquesa de Bragança e D. António. Prior do Crato. A população portuguesa divide-se no que respeita ao apoio dado aos diferentes candidatos: Filipe II de Espanha recebe o apoio da nobreza e da burguesia pensando assim garantir a defesa dos seus domínios nas colónias e conseguir mais lucros, participando no comércio dominado pelo Império espanhol; D. António, Prior do Crato recebe o apoio do povo e da baixa burguesia , tentando resistir às tropas de Filipe II que invadem Portugal logo após a morte do cardeal D. Henrique. É no entanto vencido na Batalha de Alcântara. D. Catarina de Bragança recebe algum apoio dos vários grupos sociais mas, sendo mulher, era a candidata com menos hipóteses. Filipe II de Espanha conseguiu assim ser aclamado rei, com o título de Filipe I de Portugal, nas Cortes de Tomar em 1581. A União Ibérica originou problemas à população portuguesa, com sobrecarga de impostos e envolvimento de Portugal nos conflitos de Espanha.
 Portugal foi regido por três reis, Filipes de Espanha, durante 60 anos, período que ficou conhecido por Domínio Filipino.
Assim hoje assinala-se a conquista da independência de Portugal face aos espanhóis.  Este feriado regressou, pois teve um interregno aquando da troika (2013-2016) para aumentar a produtividade do país.

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima