Parecer da Comissão Política do PSD do concelho

Orçamento da Ribeira Grande reforça verbas para apoio a famílias e empresas

A Comissão Política Concelhia do PSD da Ribeira Grande, em nota à imprensa, destacou que o Orçamento do município para 2021 prevê um aumento de verbas para apoiar as famílias e empresas do concelho, o que revela a “visão estratégica” do executivo em propor medidas que minimizem o impacto da pandemia. 
“O PSD não pode deixar de assinalar a visão estratégica e a preocupação do executivo em propor soluções e medidas que minimizem o impacto da pandemia na vida dos munícipes e na economia local, uma vez que o Orçamento municipal contempla respostas concretas e verbas acrescidas para ajudar na resposta à crise social e económica que se avizinha”, referiram os social-democratas em comunicado.
Segundo a estrutura concelhia do PSD, presidida por Jaime Vieira, o Orçamento da Câmara da Ribeira Grande, aprovado em Assembleia Municipal, regista o “aumento dos investimentos, com uma verba para obras acima dos sete milhões de euros, o aumento das verbas para os orçamentos participativos e o aumento dos valores para a descentralização nas 14 freguesias do concelho, tudo com vista a ajudar a recuperação da economia local”.
“Foi assim aprovado um orçamento de 24,6 milhões de euros, do qual constam importantes medidas e acções que vão alavancar a economia do concelho, não esquecendo o apoio aos mais desprotegidos”, referiram.
Os social-democratas destacaram também que as empresas com um volume de negócios inferior a 150 mil euros ficam isentas do pagamento da taxa de derrama, ao mesmo tempo que se regista um novo aumento na devolução de IRS às famílias do concelho.
“Já a taxa de IMI para prédios urbanos manter-se-á em 2021 no mínimo legal, ou seja, 0,3 por cento. Haverá ainda redução da taxa para agregados familiares com dependentes”, sublinharam.
A Comissão Política Concelhia do PSD da Ribeira Grande acrescentou que o Orçamento do município para 2021, “à semelhança dos anos anteriores, continua a dar máxima prioridade não só às funções sociais, como também ao desporto, cultura e associativismo” das 14 freguesias.

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima