Bispo desafia novos diáconos a oferecerem “projectos libertadores” à humanidade

O bispo de Angra ordenou Terça-feira três novos diáconos e convidou as comunidades católicas a “um serviço e testemunho que impregne o mundo de hoje de amor e de fraternidade, da verdadeira amizade social, segundo o pensamento social do Papa Francisco”. “Nunca é demais, na situação dramática que vive a nossa sociedade e os desafios que nos são lançados pela cultura atual, sentir o apelo a não ter medo porque tudo é obra do Espírito Santo”, referiu D. João Lavrador na homilia da Missa de Ordenação, que decorreu no Santuário de Nossa Senhora da Conceição, em Angra do Heroísmo, debaixo de muitos constrangimentos devido à situação de pandemia.
A partir da liturgia do dia, D. João Lavrador pediu aos jovens que se deixem estimular pelo “caminho da santidade de vida” mas também pelo “serviço e testemunho” que podem transformar a humanidade. A entrega total de Maria “é o maior desafio a todos os baptizados para que se transforme a humanidade neste tempo”, disse.
“A exemplo dela, vós sois a expressão desta disponibilidade” referiu ainda D. João Lavrador, destacando a “densidade do chamamento” sobretudo neste mundo atual.
“Caros jovens candidatos ao ministério do diaconado que se exprime no ser da Igreja que nas vossas pessoas se reconhece que é chamada a servir a pessoa e a sociedade e a olhar o mundo com o mesmo olhar de Deus, com ternura, misericórdia e no amor oferecer projectos libertadores à criação que continua a ser vitima das opressões que a ganância humana projecta sobre ela” disse D. João Lavrador.

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima