17 Jovens Cluny de São Miguel preparam missão em Angola Moçambique e Guiné Bissau

 17 jovens das paróquias de Água de Pau, Rosário (Lagoa), Arrifes e Lajedo integram grupo missionário que deverá partir em Agosto para Guiné-Bissau, Moçambique e Angola
Motivados pelo amor ao próximo, 17 jovens micaelenses, ligados à congregação das Irmãs de São José de Cluny, já começaram a sua formação para partirem em missão no próximo mês de Agosto se o contexto pandémico assim o permitir.
São jovens com mais de 18 anos, uns estudantes outros já no mercado de trabalho, que rumarão à Guiné-Bissau, a Moçambique e a Angola para uma missão junto das populações locais.
Saúde, educação, formação de adultos, ajuda a crianças com dificuldades e visita a centros de dia são algumas das iniciativas para os quais os jovens estão a ser preparados com vista à missão, disse ao Igreja Açores Maria Isabel Raposo, de 20 anos, e uma das fundadoras do grupo.
“Desde sempre que tive vontade de ajudar o próximo e quando fui desafiada pelas Irmãs de São José de Cluny, eu e a minha irmã, procurámos formar um grupo para responder ao repto”, afirma a voluntária que neste Natal fez a primeira acção de apoio aos sem abrigo de Ponta Delgada, de forma organizada e em grupo.
“Organizámos 85 refeições, parte delas foi entregue à Cáritas, de forma a podermos saciar a fome a estas pessoas. Um dos aspectos que faz parte da nossa formação prende-se com saber ler as carências que existem à nossa volta” refere a jovem missionária.
“O objectivo da nossa acção é ser uma luz para quem dela precisa seja aqui na ilha seja noutro sítio seguindo o lema da nossa fundadora Ana Maria Javouhé” refere, sublinhando que onde “houver bem a fazer e sofrimento a aliviar é onde devemos estar”.
A pandemia impediu que a viagem se realizasse em 2020 e ainda não há certezas em relação a 2021. Mas está garantido que na primeira oportunidade partirão em missão.
“Move-nos o desejo de ajudar, de alargar horizontes e conhecer outras realidades. Pode demorar algum tempo mas vamos conseguir” refere a jovem que não esconde a importância dos pais nesta aventura.
“São eles que nos incutiram estes valores e são estes valores que nos unem a todos no grupo”, acrescenta.
“Não há medo; há curiosidade em conhecer o que está para além deste nosso horizonte e uma vontade muito forte de ajudar” conclui.
Os jovens Cluny reúnem-se regularmente com as Irmãs da Congregação na paróquia ou espaços das Irmãs e comprometem-se no voluntariado, motivados pelo “amor ao próximo”.
Participam no plano anual da Pastoral Juvenil de SJC que engloba um vasto conjunto de actividades de carácter Missionário, nomeadamente: Encontros de Reflexão, Momentos fortes de Oração, Acompanhamento Espiritual, Fim-de-Semana Missionário, Campos de Férias, Voluntariado, Exercícios Espirituais / Retiros.

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima