Saxofonista Luís Senra explora três cavidades vulcânicas na ilha montanha

No Parque Natural do Pico, a equipa da MiratecArts e público voltaram ao programa Visitarte para dar continuidade à sétima edição do Montanha Pico Festival e acompanhar o músico saxofonista Luís Senra rumo às cavidades vulcânicas da ilha montanha.
Segundo a organização foi “uma experiência única e irrepetível”, na Gruta Sapateira, depois de na edição do ano passado o mesmo músico ter explorado quatro cavidades aquando daquele festival.
De acordo coma  mesma fonte, “Luís Senra tem vindo a desenvolver um corpo de trabalho que parte da exploração do som na sua relação com os lugares e, em particular, com cavidades vulcânicas. O músico busca as infinitas possibilidades de ligar-se profunda e genuinamente com a natureza e todos os seus elementos; a percepção dos contrastes e equilíbrios de luz e escuridão; a força e fragilidade do silêncio e as potencialidades do som e a adaptação às possibilidades de cada desafio encontrado transformando cada novo elemento numa nova oportunidade de interação, confrontação e criação”.
Depois da visita à Gruta Sapateira na Piedade, este processo continua no Montanha Pico Festival nos próximos Sábados, dia 16 de Janeiro à Furna Nova 2 no concelho da Madalena (com lotação esgotada), e dia 23, à Furna Henrique Maciel, em São Roque do Pico.
 O Montanha Pico Festival prossegue até ao final do mês com momentos online através do Facebook da MiratecArts e Montanha Pico Festival e com eventos presenciais, após inscrição, que inclui as tardes de chá de Domingo na Casa da Montanha, conforme refere a organização em nota à imprensa.

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima