Homem preso 100 dias em São Miguel por prestar falsas declarações em Tribunal

 A Esquadra de Investigação Criminal da PSP de São Miguel deteve um homem de 55 anos para cumprimento da pena subsidiária de 100 (cem) dias, pelo crime contra a autoridade pública, por falsas declarações.
A detenção foi efectuada no âmbito da execução de um mandado de detenção e condução, emanado pela Autoridade Judiciária competente.
O arguido foi posteriormente conduzido ao Estabelecimento Prisional de Ponta Delgada.
A Esquadra de Intervenção e Fiscalização Policial da PSP de São Miguel deteve, em flagrante delito, um homem de 36 anos, na freguesia de São Sebastião de Ponta Delgada, pelo crime de ameaças contra Agente de Autoridade.
 A Esquadra da PSP de Vila Franca do Campo deteve, em flagrante delito, um homem de 40 anos, na freguesia de Ponta Garça, em Vila Franca do Campo, pelo crime de condução de veículo sem habilitação legal para o efeito.
No âmbito da execução de um mandado de detenção e condução, emanado pela Autoridade Judiciária competente, a Esquadra de Investigação Criminal da Terceira, deteve um jovem de 19 anos, para salvaguardar a sua presença em audiência de julgamento como testemunha.
 No âmbito da execução de um mandado de detenção e condução emanado pela Autoridade Judiciária, a Esquadra da PSP de Santa Cruz das Flores deteve um homem de 26 anos, na condição de testemunha de um processo-crime, para ser assegurada a sua comparência perante o Juízo de Competência Genérica de Santa Cruz das Flores.
 No âmbito do Programa Escola Segura, cumprindo as regras de etiqueta respiratória e distanciamento social determinadas pela Autoridade Regional da Saúde para a Pandemia Covid-19, a Esquadra a PSP das Lajes das Flores realizou uma acção de sensibilização e esclarecimento subordinada ao tema “Sim à Diferença”, tendo por público-alvo vinte e um alunos dos 5º e 6º ano de escolaridade da Escola Básica e Jardim de Infância das Lajes das Flores.
 No âmbito do Regime Jurídico das Armas e suas Munições, a Esquadra das Lajes do Pico e Brigada de Fiscalização de Armas e Explosivos do Pico realizou uma operação de fiscalização conjunta direccionada a detentores de armas de caça com licença de detenção no domicílio, tendo sido apreendidas, uma espingarda, um livrete de manifesto e uma licença de detenção no domicílio, bem como efectuadas três contra-ordenações, em concreto, por falta de seguro de responsabilidade civil, falta de cofre e por uma arma estar depositada em residência distinta da autorizada.
No dia 20 do corrente ocorreram um total de doze acidentes de viação, resultando em dois feridos ligeiros e danos materiais.

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima