Açores com 6.988 desempregados e 4.041 ocupados com São Miguel a liderar a procura de emprego

O Governo dos Açores anunciou que as Agências para a Qualificação e Emprego dos Açores registaram 6.988 desempregados, no final do mês de Dezembro de 2020, conforme refere o primeiro comunicado mensal que reúne informação referente ao número de desempregados inscritos e ocupados em programas de inserção sócio-profissional e medidas de estágio na Região.
Este valor representa um aumento de 0,4% (+26 inscritos) face ao mês anterior e uma variação homóloga de (+) 0,1% em Dezembro de 2020, em relação ao mesmo mês do ano anterior, refletindo mais seis inscritos à procura de primeiro e novo emprego.
No seguimento do que foi anunciado pelo Secretário Regional da Juventude, Qualificação Profissional e Emprego aquando da discussão do programa do XIII Governo dos Açores, e na óptica da transparência, este é o primeiro comunicado mensal que reúne informação referente ao número de desempregados inscritos e ocupados em programas de inserção sócio-profissional e medidas de estágio na Região.
Considerando os grupos profissionais, a maioria dos desempregados estava inscrito como trabalhadores de serviço de limpeza, trabalhadores dos resíduos e de outros serviços elementares, trabalhadores não qualificados da indústria extractiva, construção, indústrias transformadoras e transportes, vendedores e trabalhadores dos cuidados pessoais e similares.
No que concerne à actividade económica de origem do desemprego, 73,8% dos desempregados registados e à procura de novo emprego, trabalharam em actividades do sector dos serviços.
A avaliar por ilha, S. Miguel, com 66,7% do total dos desempregados na Região, e a ilha Terceira, com 19,9%, são as que mais peso relativo têm nos Açores em termos de inscritos no mês de Dezembro de 2020.
Por concelhos, Ponta Delgada com 2.035 inscritos, Ribeira Grande, com 1.247, a par de Angra do Heroísmo, que tem 911 e da Praia da Vitória, com 479, são os quatro concelhos com mais desempregados registados, sendo que o número de inscritos na Agência para a Qualificação e Emprego de Ponta Delgada, representa 29,1% do total da Região, mais do dobro do peso relativo de Angra do Heroísmo (13%).
Em relação aos programas de inserção sócio-profissional, vulgarmente designados por ocupacionais, em Dezembro de 2020 havia 4.041 ocupados nos Açores, dos quais 3.071 desenvolviam projectos no âmbito do Programa de Ocupação Social de Adultos - PROSA e CTTS – Colocação Temporária de Trabalhadores Subsidiados.
Já no que respeita às medidas dedicadas à promoção do emprego jovem, há 3.079 integrados em empresas e entidades regionais, exercendo funções adequadas às suas qualificações em contexto real de trabalho, com grande destaque para o Estagiar L e T.  Nesta medida de aquisição de experiência profissional e novas competências, potenciadora da empregabilidade, estão 2.803 jovens açorianos.

 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima