Vasco Cordeiro homenageia na Lagoa militantes do PS com mais de 65 anos

Teve lugar na Lagoa uma cerimónia de homenagem a militantes do Partido Socialista (PS), organizada pelo Secretariado da Secção de Lagoa.
Esta homenagem destinou-se aos militantes do Partido com mais de 65 anos de idade e, cumulativamente com mais de 30 anos de militância e contou com a presença do Presidente do PS Açores, Vasco Cordeiro.
A Secretária Coordenadora da Secção de Lagoa do PS, Cristina Calisto referiu que esta cerimónia foi “um justo reconhecimento a todos aqueles que, numa altura em que a Região era assumidamente Social Democrata, se esforçaram para granjear uma mudança e conseguiram fazer da Lagoa um dos primeiros concelhos assumidamente socialista”.
A Secretária Coordenadora do PS/Lagoa afirmou ainda que, “o Partido Socialista sabe que, na Lagoa, pode contar com militantes firmes, convictos dos seus ideais e sempre prontos a defender o seu Partido”.
Este ano irão decorrer as eleições autárquicas e face à pandemia que se vive, Cristina Calisto considera que, “apesar da proximidade com o eleitorado ser mais limitada, é fulcral mantermo-nos mais unidos do que nunca, para conseguir uma nova vitória em todas as freguesias”.
“É preciso olhar para o futuro, para a ambição do Partido Socialista e para o objectivo principal que são as autárquicas de 2021”.
Durante a cerimónia foram homenageados vários militantes do Partido Socialista, num momento de enaltecimento pelo exemplo de cidadania e respeito, na defesa convicta dos ideais preconizados pelo Socialismo, sendo que, alguns não puderam comparecer por motivos de saúde e outros fazendo-se representar por familiares.
Cristina Calisto terminou o seu discurso citando Mário Soares, quando este disse que “só é vencido quem desiste de lutar”, reiterando que “cá estará para continuar a lutar pela vitória do PS e pelo desenvolvimento da Lagoa”.
Vasco Cordeiro, Presidente do PS Açores, que presidiu à cerimónia, salientou que, “as homenagens prestadas foram um acto de justiça e gratidão a todos os que, há anos, colaboram com a sua militância, ou de outras formas com o Partido Socialista, sendo este um momento que tem um profundo significado político pela sua razão de ser e também pelo contexto em que a Região se encontra”.
(...) Terminou fazendo referencia a Antero de Quental, que afirmou que “onde há uma injustiça é aí que deve estar o Partido Socialista”, “e hoje podemos adaptar esta ideia e esta necessidade de prontidão, de disponibilidade e de combate para que aquilo que nós somos como povo e como região não seja desvirtuado e, nesse sentido, o PS tem a felicidade de ter nos Açores autarcas que honram, que dignificam e que prestigiam este trabalho, quer ao nível de freguesia, quer de câmara municipal, como é o caso de Cristina Calisto que, de forma competente e proactiva, tem liderado os destinos da Câmara Municipal da Lagoa, numa actuação que honra e prestigia uma longa história do Partido Socialista, na condução dos destinos da Lagoa que a trouxe àquilo que ela é hoje, uma cidade, um pólo de desenvolvimento da ilha de São Miguel, um centro de surgimento de empreendedorismo, de novas ideias e de novas áreas económicas”.

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima