Gilda Pimentel demite-se do Conselho de Administração do Hospital do Divino

 Gilda Pimentel que, pela sua formação, foi indicada para responsável pela área financeira do Conselho de Administração do Hospital do Divino Espírito Santo, anunciou a sua demissão alegando “incompatibilidades” mas, até ontem à tarde, ainda não tinha chegado nenhuma carta com o pedido formal à Presidente do Conselho, Cristina Fraga.
Segundo apurou o Correio dos Açores, Gilda Pimentel quando soube que iria ser a responsável pela área financeira do HDES, terá manifestado, desde logo, indisponibilidade para o cargo mas o Conselho de Administração foi irredutível e não recuou na sua decisão, até face à formação da colega administradora.
Gilda Pimentel era gestora da Empresa de Electricidade dos Açores antes de assumir funções como administradora do Hospital do Divino Espírito Santo.
Cristina Fraga, considerada pelos colaboradores mais próximos como uma “moura de trabalho”, embora não tenha em mãos a formalização do pedido de demissão, já afirmou que “os fundamentais do Conselho de Administração do HDES são os que continuam cá…”
A Presidente do Conselho de Administração já terá sugerido ao Secretário da Saúde, Clélio Meneses, uma gestora para substituir a demissionária, cujo nome ainda não foi avançado ontem ao nosso jornal.
Gilda Pimentel, apesar de o Conselho de Administração ter entrado já em velocidade cruzeiro, não terá mesmo exercido quaisquer funções no seu seio, alegadamente por não concordar com o cargo que olhe foi atribuído
Os informadores do Correio dos Açores salientam que, apesar desta demissão, “reina tranquilidade” no seio do Conselho de Administração e que, apesar da curva pandémica “ser crítica” em São Miguel, o hospital “tem conseguido dar conta do recado”.

 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima