Farmácias Açorianas colocam hoje à venda auto testes de despiste à Covid-19

A partir de hoje as farmácias açorianas terão disponíveis para venda ao público auto testes de despiste à covid-19. A delegada da Associação Nacional das Farmácias em São Miguel e Santa Maria, Teresa Almeida Lima, considera que estes testes “constituem-se como uma mais-valia” para os cidadãos da região e até para as empresas que pretendam testar os seus trabalhadores, acreditando que estes, poderão ter maior procura na ilha de São Miguel, em virtude do maior número de casos existentes comparativamente com as restantes ilhas do arquipélago.
Teresa Almeida Lima explica que estes auto-testes, à venda apenas para cidadãos maiores de idade, irão utilizar “amostras da área nasal interna (fossas nasais). O fabricante disponibiliza uma zaragatoa específica para a colheita nasal e uma informação detalhada de como é que o utente deverá proceder à execução do teste. O utente coloca os dados colhidos através da zaragatoa no teste, que informa se a amostra é positiva ou negativa decorridos 15 a 20 minutos”. Caso o resultado seja positivo, o utente deve ligar imediatamente para a Linha Saúde Açores e reportar o caso.
A delegada da Associação Nacional de Farmácias esclarece que estes testes “serão vendidos à unidade” e que terão um custo para o consumidor a rondar os 10 euros.
“Estes testes individuais só agora é que foram aprovados a nível nacional. Estes testes chegaram ao continente na semana passada e devido à logística aqui nas ilhas e segundo informação que tenho, só chegarão hoje (terça-feira) ao fornecedor. São testes individuais e que serão vendidos à unidade”, refere.
Teresa Almeida Lima salienta que estes são testes “aprovados e publicados pelo Infarmed” e que têm “uma elevada precisão”.  A delegada da Associação Nacional das Farmácias confirma ainda que existe a garantia de que existirão, numa primeira fase, “testes para todas as farmácias ”.    

 Luís Lobão

 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima