Bolieiro admite que o Governo é sensível às queixas dos jorgenses em matéria de transportes e acesso a cuidados de saúde

O Presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, assegurou ontem ser desígnio do Executivo potenciar a ilha de São Jorge e explorar todas as suas potencialidades, nomeadamente a nível de acessibilidades aéreas e marítimas.
“Vamos trabalhar para fazer justiça a São Jorge e potenciar as suas oportunidades”, declarou o Presidente do Governo, falando nas Velas, no final de uma reunião com o Presidente e vereação da Câmara Municipal do concelho jorgense.
A reunião foi o primeiro ponto da visita estatutária à ilha de São Jorge que o Executivo açoriano realiza entre hoje e Quinta-feira.
A reunião com o autarca Luís Silveira e a sua equipa na Câmara Municipal foi, nas palavras de José Manuel Bolieiro, “muito fructuosa”, e dela resultou um “verdadeiro documento” que agrega as “pendências” existentes para com as Velas.
“Revisitámos todos estes assuntos e procurámos definir prioridades e calendários para a execução de muitos” projectos, acrescentou o Presidente do Governo Regional.
Algumas das obras e das medidas serão implementadas pelo Executivo em exclusivo e outras avançarão em parceria com a autarquia.
A “prioridade máxima” do município e dos seus habitantes, reconheceu José Manuel Bolieiro, diz respeito ao acesso a cuidados de saúde, havendo também uma “preocupação estruturante” e um “capital de queixa, a que o Governo é sensível”, referente ao campo dos transportes.
O Executivo arrancou ontem na ilha de São Jorge a segunda visita estatutária da legislatura, que decorrerá até à noite desta Quinta-feira, com a realização do segundo Fórum Autonómico.

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker