Padre José Jacinto Botelho homenageado nas Furnas

Para assinalar o 72º aniversário da morte do Padre José Jacinto Botelho, a Paróquia de Furnas e o furnense Gualter Furtado, vão realizar no dia 14 de Abril, pelas 20 horas, na igreja de Nossa Senhora da Alegria, uma conferência e evocação a este pároco que muito deu à comunidade furnense. A conferência, aberta à comunidade, será proferida por Teixeira Dias e contará ainda com intervenções do padre Ricardo Pimentel, Gualter Furtado, Emanuel Jorge Botelho, Henrique Aguiar Rodrigues, Presidente do Instituto Cultural de Ponta Delgada e padre José Medeiros Constância, Director do Instituto Católico de Cultura. Neste acontecimento que incluirá uma breve actuação do Coro de Na. Sra. da Alegria com a execução dos hinos de Santana e das Furnas, este último escrito pelo falecido Padre Botelho. É também neste dia 14 que sairá, no Diário dos Açores, um suplemento sobre o Padre Jacinto Botelho com textos de Gualter Furtado, Henrique Aguiar Rodrigues, Luís Rodrigues, Eduíno de Jesus, Onésimo Teotónio de Almeida, Padre Ricardo Pimentel, padre José Medeiros Constância, Teixeira Dias e Emanuel Jorge Botelho, sobrinho-neto do Padre Jacinto. Recorde-se que o padre José Jacinto Botelho foi pároco no Vale das Furnas, tendo marcado profundamente o seu povo nas quatro primeiras décadas do Séc XX. Foi um pregador distinto, um dos fundadores do Instituto Cultural de Ponta Delgada e um grande poeta açoriano.
Print

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima