10 de abril de 2018

PJ prende dois presumíveis violadores de turistas nos matos da ilha das Flores

O Departamento de Investigação Criminal de Ponta Delgada da Polícia Juidiciária, no âmbito de uma investigação encetada, identificou e deteve dois homens, pela presumível prática dos crimes de violação, roubo e sequestro agravado de que foi vitima uma mulher de 68 anos de idade. Os factos ocorreram há cerca de uma semana, na ilha das Flores, à noite, numa zona de mato, para onde os suspeitos levaram a vítima, contra a sua vontade, após se terem disponibilizado para lhe darem boleia até à unidade hoteleira onde estava hospedada, depois desta lhes ter pedido ajuda nesse sentido. Aproveitando-se das suas vulnerabilidades em razão da idade, de estar sozinha e ser estrangeira, “frustraram-lhe as expectativas, levaram-na para um local ermo, roubaram-lhe o telemóvel e cento e vinte euros em dinheiro, tendo-a seguidamente abandonado”, refere o comunicado da Polícia Judiciária. Volvidos escassos minutos voltaram ali e, depois de a subjugarem com recurso à força física, vieram a infligir-lhe múltiplas agressões sexuais. Os detidos, de 27 e 31 anos de idade, trabalhadores da construção civil e de uma autarquia, foram presentes a primeiro interrogatório judicial, para aplicação das medidas coactivas tidas por mais adequadas.
Print

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima