12 de fevereiro de 2018

Cinco jogos, cinco derrotas, zero golos

Nunca tinha acontecido nesta edição do Campeonato de Portugal de futebol que, pela primeira vez, conta com 5 clubes dos Açores. Perderam as 5 equipas e não marcaram um golo. Sporting Ideal e Operário, na série “E”, Lusitânia e Sporting de Gudalupe, na série “D”, estão no lote dos 6 clubes que descem de divisão. Apenas o Praiense está fora daquela luta. O Operário continua a senda negativa em casa. Quinta derrota, somente uma vitória e 4 empates. Na série “E” soma 17 pontos. Como a distância para o 8.º é de 5 pontos, nada está comprometido quando faltam 10 jogos para o final do campeonato. Um golo de Ruben Fidalgo, aos 28m, ditou a nona derrota na prova. A equipa reagiu e o estreante Italo Cortés, jovem colombiano emprestado pelo Santa Clara, mexeu com o jogo do Operário. Porém, na parte final, o Olhanense, que está no 2.º lugar a 9 pontos do líder e rival Farense, podia ter aumentado o “score”. Agora, o Operário, que fez alinhar o “central” Digas pela primeira vez os 90 minutos, tem de procurar ganhar porque é hora de arrepiar caminho. O Sporting Ideal interrompeu a série de dois jogos a ganhar. Perdeu no campo do Castrense por 1-0, golo apontado por André Tonan aos 19m. Um campo com um relvado natural horroroso que prejudicou, em muito, quem pretende ter outro tipo de jogo. O Sporting Ideal nunca se encontrou e podia ter saído da vila alentejana de Castro Verde com uma derrota mais desnivelada. Nos últimos 26 minutos a equipa da Ribeira Grande apenas utilizou 3 defesas, possibilitando alguns contra ataques com perigo do Castrense. Só por duas vezes (uma em cada parte) e ambas de bola parada, os jogadores do Sporting Ideal alvejaram a baliza adversária com perigo. A entrada de Ivan Reis para jogar na frente de ataque, ao lado de Eliel, não resultou porque os cruzamentos rarearam. Com 20 pontos, o Sporting Ideal está a 1 ponto da zona de descida. Domingo recebe o líder Farense. Resultados da 20.ª jornada: Operário-Olhanense, 0-1; Castrense-Sp. Ideal, 1-0; Olímpico Montijo-Pinhalnovense, 1-2; Louletano-Moura, 2-1; Almancilense-Moncarapachense, 2-1; Armaceneneses-Casa Pia, 1-2; Oriental-Lusitano VRSA, 0-0 e Farense-Estrela Vendas Novas, 4-1. Classificação: 1.º Farense, 53 pts; 2.º Olhanense, 44; 3.º Casa Pia, 43; 4.º Pinhalnovense, 40; 5.º Oriental, 38; 7.º Olimpico Montijo, 26; 8.º Louletano, 22; 9.ºs Castrense e Almancilense, 21; 11.ºs Moura e Sporting Ideal, 20; 13.ºs Operário e Moncarapachense, 17; 15.º Lusitano Vila Real Santo António, 16 e 18.º Estrela Vendas Novas, 15 pts. Na série “D” o Praiense perdeu, em Sintra, por 3-0, com o Sintrense. Continua em 3.º lugar mas a 10 pontos do líder Mafra e a 7 pontos do 2.º, o Vilafranquense. O Lusitânia perdeu, por 1-0, em Angra, com o Loures, permanecendo em 15.º com 15 pontos e a 10 da manutenção. Na Graciosa o Sporting de Guadalupe foi derrotado, por 2-0, pelo Pero Pinheiro. É último com 12 pontos e está a 13 de sair da zona de descida.
Print

Categorias: Desporto

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima