7 de fevereiro de 2018

Novo estatuto da agricultura familiar também vai ser aplicado nos Açores

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas anunciou ontem, em Lisboa, que o Governo da República acolheu favoravelmente a proposta do Governo dos Açores para que o novo estatuto da agricultura familiar tenha aplicação na Região. “O Secretário de Estado das Florestas e do desenvolvimento Rural, Miguel Freitas, garantiu que este diploma terá aplicação nos Açores”, afirmou João Ponte, que falava à margem de um seminário sobre Agricultura Familiar e Desenvolvimento Sustentável, e citado pelo GAcS. A Secretaria Regional da Agricultura e Florestas solicitou, na semana passada, ao Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural que o estatuto da agricultura familiar deveria ter um âmbito mais abrangente para contemplar a Região Autónoma dos Açores, nomeadamente naquilo que são as competências exclusivas do Governo da República, como é o caso, por exemplo, das questões fiscais ou da Segurança Social. O novo estatuto para a pequena agricultura familiar, de acordo com o Ministério, deverá entrar em vigor até Março e vai consagrar direitos como o acesso prioritário a fundos comunitários e um regime fiscal mais favorável para estes agricultores, entre outros aspectos.João Ponte frisou que a agricultura familiar tem uma “importância muito grande” nos Açores, do ponto de vista social e económico, daí que se justifique plenamente que as medidas que constam da proposta de estatuto para a agricultura familiar também sejam aplicadas no arquipélago. O governante salientou ainda na capital portuguesa que a inclusão dos Açores neste estatuto permitirá minorar dificuldades e estimular este tipo de natividade, tornando-a mais atractiva e dinâmica para as novas gerações, contribuindo também para combater a desertificação do meio rural, conforme citação no mesmo documento.
Print

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima