Sacristia da Igreja dos Fenais da Luz restaurada abre ao público

No passado domingo foi inaugurada a sacristia da Igreja Paroquial de Nossa Senhora da Luz, nos Fenais da Luz, após profundas obras de restauro interno e externo. O Pároco das Fenais da Luz, Padre Ricardo Tavares, revelou que se tratou da primeira fase de requalificação da Igreja Paroquial após o envolvimento dos emigrantes do Canadá e dos EUA, iniciado no passado Verão, com a digressão do Grupo de Teatro ‘O Ponto’, dos Fenais da Luz. Contribuíram para estas obras as Comissões de Festas de Nossa Senhora da Luz (Igreja), de Nossa Senhora de Fátima (Bairro da Luz) e de São Jerónimo (Farropo). De acordo com informação disponibilizada pelo sacerdote, a sacristia é composta de elementos de manifesto valor, como uma imponente mesa, um grande mesão com crucifixo e gavetões, um grande crucifixo antigo, um relógio de pêndulo, uma arca de madeira, um fontanário em pedra maciça, uma tela do venerável Padre Bartholomeu do Quental e uma importante colecção de paramentos litúrgicos. O chão é formado por pedra basáltica. A sacristia encontra-se diariamente aberta à visita do público, entre as 10h00 e as 17h00 horas, com interrupção das 12h30 às 13h30 horas. Ainda de acordo com Ricardo Tavares, “as próximas fases de requalificação da Igreja consistem na limpeza e na impermeabilização da pedra da fachada, na limpeza e na pintura das paredes da fachada, no restauro da torre (que se tornará miradouro) e na criação de um museu de arte sacra e arquivo histórico, com acesso às câmaras subterrâneas do adro da Igreja”. Segundo o Archivo dos Açores, a primeira Igreja paroquial dos Fenais da Luz data do século XVI, depois houve duas obras de reconstrução nos séculos XVII e XVIII. no actual frontispício da igreja está inscrita a data de 1756. N.C.
Print

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima