5 de fevereiro de 2018

Saudade é o título da série de pinturas de Martim Cymbron no Museu do Pico até 1 de Abril

Saudade é o título da série de pinturas do artista Martim Cymbron, agora patente no Museu do Pico até 1 de abril. “Este é um trabalho único e exclusivo para a MiratecArts” explica o artista que decidiu aceitar o desafio de produzir obras com o intuito de celebrar o Jardim Saudade. Assim, continua Martim Cymbron “proponho um olhar diferente à majestosa flor, nas suas várias fases e variedades, pintando e destacando, num fundo acrílico, um realismo trabalhado a óleo, tendo a preocupação de conjugar estas dimensões com o elemento principal, em termos cromáticos. Esta é a minha Saudade.” Martim Cymbron estudou na Academia de Artes em Maasticht, na Holanda, com o pintor Jo van den Braand, em Valkenburg. Em 2005 abriu seu atelier, na terra natal de São Miguel, e co-organiza o evento cultural semestral, Arte Viva. As suas obras estão representadas em espaços públicos, incluindo: Presidência da República Portuguesa, Parlamento Europeu, Universidade dos Açores, Consulado Americano dos Açores, Câmara Municipal de Ponta Delgada, Câmara Municipal de Vila Franca, Grupo Bensaúde, Museu Manuel Arriaga, Tribunal de Contas, Biblioteca Ernesto Canto, Caixa Geral de Depósitos e inúmeras coleções privadas nos Açores e no estrangeiro. No passado mês apresentou as suas obras, pela primeira vez, em Nova Iorque. Com a exposição Saudade, que estreou no Azores Fringe 2017 e que já exibiu, também, na Biblioteca e Arquivo Regional da Horta, planeia-se a apresentação para o próximo verão, na ilha de São Jorge, no Atelier de Kaasfrabriek, e fazê-la chegar a todas as ilhas dos Açores.
Print

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima