Vila Franca festeja os Reis e Ano Novo

Em Vila Franca do Campo, o tradicional Cortejo dos Reis Magos realizou-se com pompa e circunstância, com um percurso que teve início na freguesia da Ribeira Seca, rumo à Praça do Município, onde decorreu uma peça de teatro que recriou a visita dos Reis Magos ao Rei Herodes e ao Menino Jesus. A iniciativa organizada pela Associação de Jovens Unidos da Ribeira Seca, com o apoio do Município de Vila Franca do Campo, da Junta de Freguesia da Ribeira Seca, da Junta de Freguesia de São Miguel, e, ainda, do Agrupamento de Escuteiros 767, de Ponta Garça, e do Agrupamento de Escuteiros 436, de Vila Franca do Campo. Cerca de 50 figurantes desfilaram pelas ruas principais de Vila Franca, a pé e a cavalo. O cortejo dos Reis Magos trouxe, assim, à cena, personagens bíblicas e históricas, onde pontuam a sagrada família, a corte do rei Herodes, anjos, pastores e soldados romanos. Entretanto, no dia seguinte, Domingo, a Igreja Matriz de Vila Franca do Campo acolheu um concerto de Ano Novo, interpretado pelo Grupo Coral de São José. Na primeira parte, o Coro de Câmara do Coral de São José, sob a direcção de Mariana Leite, interpretou “Notre Pére”, de M.Duruflé, “Cantique de Jean-Raceine”, de G.Fauré, “Waldesnacht”, de J.Brahms e “Geistliches Lied Op.30”, também de J.Brahms. Na segunda parte do concerto, o Coro Sinfónico do Coral de São José, sob direcção de Luís Filipe Carreiro, interpretou “Christmas Prologue”, de Christian Kolonovits, “Adeste Fidelis”, versão de John Francis Wade, “Joy to the World”, versão de Lowell Mason, “Natal de Elvas”, um tradicional alentejano, “Locus Iste”, de A.Bruckner, “Ave Maria”, de W.Gomez, “CAntate Domino”, de E.Bossi e, ainda, “Worthy is the Lamb. Amen”, de G.F. Händel. O concerto teve como solistas Paula Fernandes e Mónica Pacheco, como organista/pianista Svetlana Pascoal, Henrique Andrade na flauta, Lívio Dias no oboé e Carmino Melo no clarinete. Ricardo Rodrigues em almoço de Ano Novo com idosos em Ponta Garça O Presidente da Câmara Municipal de Vila Franca do Campo, Ricardo Rodrigues, marcou presença, num almoço de Ano Novo para os seniores da freguesia de Ponta Garça, no qual afirmou ser “muito justo e gratificante verificar que as instituições da freguesia reconhecem, naqueles que já são menos jovens, o trabalho que durante toda a vida fizeram pela freguesia” “Estarmos aqui hoje significa, também, este reconhecimento de gratidão por tudo o que fizeram por Ponta Garça, foi a vossa geração que fez crescer a freguesia até aos dias de hoje e, agora, compete aos mais novos dar continuidade ao vosso trabalho”, disse o Autarca Vilafranquense, que aproveitou a ocasião para desejar a todos um bom ano de 2018 e que “para o próximo, estejamos novamente juntos para conviver, no assinalar de mais um ano novo”. Por sua vez, o Presidente da Junta de Freguesia de Ponta Garça, José Eduardo Costa, agradeceu a presença do Presidente da Autarquia e da Vereadora, Nélia Alves-Guimarães, bem como das entidades da freguesia que foram convidadas e dos cerca de 170 seniores que participaram no “Almoço de Ano Novo +65”, que teve lugar na Escola Básica Integrada de Ponta Garça. A iniciativa, organizada pela Junta de Freguesia e pela Casa do Povo de Ponta Garça, contou com o apoio das Irmandades do Espírito Santo da freguesia, do Agrupamento de Escuteiros 767 de Ponta Garça, do Grupo Desportivo Bota Fogo e da Associação Unojovens. O almoço contou, ainda, com animação musical a cargo do Grupo Coral e do Coro Infanto-juvenil de Nossa Senhora da Piedade.
Print

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima