Empresas açorianas já podem candidatar-se a apoios para exportação de produtos

As empresas regionais, na sequência da decisão favorável da Comissão Europeia às diligências desenvolvidas pelo Governo dos Açores, já podem candidatar-se aos apoios à exportação que passam a comparticipar as despesas de transporte até ao destino final dos produtos para o exterior do país. O Vice-presidente do Governo frisou que este apoio “era atribuído apenas até ao Portugal continental”, salientando que as alterações, hoje publicadas em Jornal Oficial, ao Subsistema de Incentivos para a Internacionalização, criado no âmbito do Competir+, “constituem mais um importante factor impulsionador para o aumento e diversificação da base de exportação dos produtos da Região”. O Governo dos Açores, segundo Sérgio Ávila, pretende com esta medida, que integra o pacote legislativo de promoção da competitividade empresarial e emprego, contribuir para o reforço da competitividade das empresas exportadoras, “estimulando a criação de riqueza”. O titular da pasta da Competitividade Empresarial destacou ainda que as alterações hoje publicadas também flexibilizam as regras de atribuição dos apoios, reduzindo limitações. O apoio de acesso aos mercados consiste numa comparticipação de 90 por cento dos custos elegíveis associados ao transporte, até ao máximo de 400 mil euros por beneficiário em três anos. O Subsistema de Incentivos para a Internacionalização apoia ainda projectos no âmbito da prospecção de mercados, comercialização e marketing, economia digital e acções de cooperação empresarial. Os incentivos à internacionalização nestas áreas variam entre 30, 40 e 50 por cento do investimento total, conforme a dimensão das empresas. A partir de agora, em resultado da autorização da Comissão Europeia, e segundo nota publicada pelo governo açoriano, o apoio ao transporte também passa a abranger o sector das conservas, peixe vivo, pedra-pomes, couros e peles para curtume, constituindo o alargamento da lista de produtos uma oportunidade de promoção de novos negócios, ao minimizar os custos decorrentes da ultraperiferia do arquipélago. Recorde-se que na Região o governo apoia várias iniciativas. O plano ‘Açores Export 2017’, inserido na estratégia de incremento de exportações de produtos e serviços regionais desenvolvida pelo Governo dos Açores, contempla múltiplas iniciativas e diversos apoios às empresas, designadamente participação em feiras, actividades promocionais e organização de missões empresariais, com o objectivo de promover a notoriedade externa da Região e, em particular, a das empresas e produtos ‘Marca Açores’, potenciando novos negócios.
Print

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima