“É preciso encontrar com os jovens uma vocação mais moderna para a Açorianidade que faça com que esta seja praticamente uma marca que  projecta os Açores no mundo” Ler mais

“É preciso encontrar com os jovens uma vocação mais moderna para a Açorianidade que faça com que esta seja praticamente uma marca que projecta os Açores no mundo”

À margem da conferência “Açores, Centralidade e Periferia”, Álvaro Laborinho Lúcio revela que vê com preocupação um certo “alheamento” por parte da juventude relativamente a problemas fundamentais como a Autonomia, a Açorianidade, e até o próprio papel da juventude na construção do seu próprio futuro. O Juiz Conselheiro Jubilado do Supremo Tribunal de Justiça entende que é necessário ter “a consciência exacta da gravidade do problema” para se começar a trabalhar em vários caminhos com os jovens para combater o problema. Depois, motivar o debate em pequenos núcleos por freguesia, para que os jovens se voltem a identificar com os conceitos de Autonomia e Açorianidade.

Theme picker

Revista Pub açorianissima