Colmeias estão a ser queimadas no Pico para erradicar a Loque Americana, uma doença de abelhas altamente contagiosa Ler mais

Colmeias estão a ser queimadas no Pico para erradicar a Loque Americana, uma doença de abelhas altamente contagiosa

 O Governo determinou ontem, em Jornal Oficial, a queima de colmeias na ilha do Pico, sobretudo na área de São Mateus, que tenham abelhas com a doença contagiosa Loque Americana. Foi tentado um contacto com a cooperativa ‘Flor de Incenso’ do Pico, mas não conseguimos chegar à fala com alguém. Entretanto, o apicultor picoense Pedro Almeida teve de destruir as suas sete colmeias e espera agora apoios do Governo para retomar a actividade. O facto é que está sob vigilância o movimento de abelhas na ilha, tendo sido  decidida a destruição de enxames de abelhas selvagens. Nestas circunstâncias, poderão ser queimadas centenas de colmeias, tal como aconteceu entre os anos de 2009 e 2012 na ilha de São Miguel. Cooperativas e associações de apicultores do Faial, Terceira e São Miguel dizem desconhecer a existência desta “doença maldita” nos Açores, sendo apanhados de surpresa quando confrontados com o edital ontem publicado no Jornal Oficial. De acordo com o determinado, é crime ignorar qualquer das normas do edital.

 

Theme picker

Revista Pub açorianissima