“Viver Açores” ajudou a dinamizar a economia de Santa Maria e o Presidente diz que ficou provado que há que baixar preços das viagens Ler mais

“Viver Açores” ajudou a dinamizar a economia de Santa Maria e o Presidente diz que ficou provado que há que baixar preços das viagens

O Presidente da Câmara Municipal de Vila do Porto, num balanço do que foi o Verão em termos turísticos na ilha, assume que  Santa Maria beneficiou do programa do Governo “Viver Açores” e da parceria entre a edilidade e a Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada com os vouchers para dinamizar a economia local. “Os meses de Junho, Julho, Agosto e uma parte de Setembro, nomeadamente para hotéis, espaços de alojamento local, restauração e bares, podemos dizer que foram razoáveis, atendendo ao facto de não haver barcos, de não haver estrangeiros e mesmo os emigrantes não terem vindo à ilha este ano”, sublinha Carlos Rodrigues. “Isso vem dar razão a quem defenda que o preço dos transportes inter-ilhas deva ser mais acessível. Com esse programa isso ficou provado”, defendendo assim a continuidade do programa com as devidas correcções que tiverem de ser feitas, se as houver a fazer. 

Gonçalo Borges divide paixão entre a poesia, as ciências da comunicação e o cinema Ler mais

Gonçalo Borges divide paixão entre a poesia, as ciências da comunicação e o cinema

Desde cedo que Gonçalo Borges sentia a necessidade de “escapar à insularidade”, algo que enquanto não saiu de São Miguel foi fazendo por intermédio da cultura, chegando a fazer part d’O Colectivo, que através da RTP/Açores levava a poesia até casa dos açorianos. Foi para Lisboa com a intenção de trabalhar na área do cinema, mas em vez disso apaixonou-se por Ciências da Comunicação, tendo inclusive acompanhado de perto eventos como a Web Summit e os Prémios Sophia.

“O público que consome vinho nos Açores não desapareceu e o nosso desafio é chegar até eles” Ler mais

“O público que consome vinho nos Açores não desapareceu e o nosso desafio é chegar até eles”

Com as vindimas deste ano ‘fechadas’, a Azores Wine Company, fundada em 2014 por três sócios (António Maçanita, Filpe Rocha e Paulo Machado), prevê produzir cerca de 100 mil garrafas este ano. Nesta entrevista, Filipe Rocha, fala em quebras nas vendas de 40% relativamente ao ano anterior e considera que face ao cenário actual, é difícil fazer planos para o futuro. O sócio fundador da Azores Wine Company analisa o sector dos vinhos na Região e considera que é fundamental que surjam novas empresas e novos ‘players’ a investir nos vinhos dos Açores.

“Persistência e a vontade de ajudar as pessoas  são o grande segredo do Ginásio Olímpico...” Ler mais

“Persistência e a vontade de ajudar as pessoas são o grande segredo do Ginásio Olímpico...”

Pedromgomes@live.com.pt
Pedro Gomes abriu, há 23 anos, na Ribeira Grande, o Ginásio Olímpico, que se tornou num ponto de referência naquela cidade, pela sua persistência e vontade de ajudar as pessoas a alcançarem os seus objectivos, através da motivação, confiança e uma boa execução da técnica dos exercícios. Como tal, ao longo destes anos, ganhou a confiança, a estima e o respeito dos ribeiragrandenses. Nesta entrevista, Pedro Gomes aproveita para dizer que ao povo da Ribeira Grande deve aquilo que é hoje, pelo que lhe é muito grato e espera continuar ali por muitos mais anos, bem ancorado na Rua da Ribeira, para a ajudar todos aqueles que procuram o respeitado e conhecido centro de fitness Olímpico.

Theme picker

Revista Pub açorianissima