Produção de roupa em massa tem consequências graves para os desequilibrios sociais, poluição do meio ambiente e agrava a saúde das pessoas Ler mais

Produção de roupa em massa tem consequências graves para os desequilibrios sociais, poluição do meio ambiente e agrava a saúde das pessoas

A Estilista Sara França esteve à conversa com o Correio dos Açores, onde se aproveitou a oportunidade deste momento conturbado da Covid-19. Sara França considera-se uma multifunções, dado que ela própria faz os moldes, corta, cose, é vendedora, designer gráfico e faz trabalho para venda online, tira fotos, lidera equipas e é gerente de loja. No atelier e na loja desta talentosa designer de moda pode encontrar-se peças de autor, costura clássica para mulheres, luxo e um super estilo que fazem do espaço um local de visita obrigatória. Ali também se encontram acessórios de moda e decoração produzidos por outros designers locais. No Atelier “O Estúdio”, em Ponta Delgada, aceitam-se ainda arranjos de costura e costura personalizada.

“O Youtube tem sido uma ferramenta de  entretenimento, de informação e de partilha para tantos que estão fechados em casa” Ler mais

“O Youtube tem sido uma ferramenta de entretenimento, de informação e de partilha para tantos que estão fechados em casa”

Neste tempo de pandemia, falamos de Brigite Silva, uma jovem açoriana que se tornou numa das mais conhecidas youtubers e influente dos Açores. Trata-se de uma faialense com o curso de Gestão pela Universidade dos Açores que atingiu grande notoriedade nas redes sociais pelas publicações que vem fazendo na internet. O Correio dos Açores, neste momento difícil e conturbado, em que se vive em estado de emergência nacional declarado pelo Presidente da República, esteve à conversa com esta youtuber, através da plataforma digital, para conhecer melhor o trabalho que ela vem desenvolvendo nesta nova área, bem como saber como está a encarar esta quarentena, revelando-nos que está neste momento a consumir muito youtube.

Luís Barbosa: “Alguns conseguem  viver da música nos Açores...” Ler mais

Luís Barbosa: “Alguns conseguem viver da música nos Açores...”

O músico Luís Barbosa é um entusiasta do “Blues” porque é um género musical que tem muita expressividade e é genuíno. Confessa nesta entrevista ao Correio dos Açores que o seu primeiro instrumento musical foi uma bateria, quando tinha apenas os 14 anos e neste momento a guitarra é quase como uma companheira e confidente, uma extensão do seu braço. Um dos seus objetivos é levar a sua música o mais longe possível, conseguir tocar em muitos palcos, divertir-se, divertir as pessoas e criar muita música. O Guitarrista Luís Barbosa entende que existe nos Açores um movimento de crescimento da música original nos Açores, enaltecendo o trabalho levado a cabo designadamente pelos TheQuietBottom, Sara Cruz, WE SEA, King John, TheCode, Sir.Kasmo, Romeu, Prisma, Cisco Bottle, João Moniz e Nuno Cabral… O nosso entrevistado fala com entusiasmo da Luís Barbosa Band, que é uma banda de originais de Blues, Rock e Funk, em que ele compõe as músicas e depois na sala de ensaios tratam de alguns arranjos, acrescentando que a música não é dele, é “nossa”.

“Cada romeiro é que sabe o verdadeiro motivo de correr a ilha na quaresma” Ler mais

“Cada romeiro é que sabe o verdadeiro motivo de correr a ilha na quaresma”

Todos os anos é assim, quando chega a quaresma, algo fala mais alto, e lá vão os ranchos de romeiros durante sete dias calcorrear a ilha, não sendo para eles nenhum sacrifício, mais sim uma resposta a um chamamento de Deus. O Correio dos Açores entrevistou um romeiro que nos últimos anos vem vem propositadamente do Canadá cumprir a sua promessa. Trata-se do jovem Luís Andrade que nos diz estar preparado para este sacrifício, mas está convicto que isso será apenas um pequeno gesto, em comparação com aquilo que Deus faz por nós. Para este canadiano nascido em S. Miguel, ir de romeiro é muito mais do que uma herança dos antepassados, porque cada romeiro no seu íntimo é que sabe o verdadeiro motivo de ir correr a ilha na quaresma. Numa romaria sente-se que as pessoas são verdadeiras, transparentes o que marca bastante e por isso se fazem boas amizades.

Theme picker

Revista Pub açorianissima