Inspecção do Turismo propôs o cancelamento de licença a 26 alojamentos que não quiseram corrigir irregularidades Ler mais

Inspecção do Turismo propôs o cancelamento de licença a 26 alojamentos que não quiseram corrigir irregularidades

Durante as acções inspectivas realizadas pela Inspecção Regional do Turismo em 2019, foram detectadas 1.250 camas ilegais quer ao nível do alojamento registado que oferecia mais camas do que as devidamente licenciadas (600 camas), quer ao nível de alojamentos ilegais que não estavam licenciados para tal (650 camas). Após a indicação dos inspectores para que a situação fosse regularizada a “esmagadora maioria” corrigiu as irregularidades, mas mesmo assim forma levantados 18 autos de notícia e houve mesmos 26 casos de alojamento licenciado em que os inspectores propuseram que a licença para receber turistas fosse cancelada. 

Segunda Geotur a nível nacional vai  permitir conhecer Ponta Delgada através do geocaching Ler mais

Segunda Geotur a nível nacional vai permitir conhecer Ponta Delgada através do geocaching

A geotur é constituída por 45 caches, cinco caches joker, distribuídas pelas 23 freguesias e mais três “lugares” do concelho de Ponta Delgada. Há caches em locais mais turísticos, como a Vista do Rei ou a Lagoa do Canário, mas também na “Casa do Monte” nos Ginetes e junto aos “corações” do artista gráfico Yves Dacoster. É uma forma diferente de conhecer o concelho.

“Tenho muita sorte e sou privilegiada” por estar no emprego e cuidar do meu filho,  diz Filipa Sousa Ler mais

“Tenho muita sorte e sou privilegiada” por estar no emprego e cuidar do meu filho, diz Filipa Sousa

A jovem Filipa Sousa tem a possibilidade de poder cuidar do filho ao mesmo tempo que trabalha. O pequeno Vicente reparte-se entre os cuidados da mãe e do colega de trabalho que ajuda naquilo que é possível. Filipa Sousa diz que ouviu muitas críticas quando, aos cinco meses, optou por levar o filho para o trabalho mas também reconhece que é uma privilegiada por poder partilhar o dia com o seu único filho. É das poucas mães trabalhadoras que tem esta possibilidade já que a maioria tem de deixar, aos poucos meses de vida, os bebés em creches ou amas. Isto quando há vagas pois de acordo com uma pesquisa do Correio dos Açores, nesta altura do ano, é praticamente impossível ter lugar para um bebé numa creche sem intervenção da Segurança Social’. 
 

Anunciadas no Parlamento as exigências do Governo dos Açores que levaram à demissão do Conselho de Administração da SATA Ler mais

Anunciadas no Parlamento as exigências do Governo dos Açores que levaram à demissão do Conselho de Administração da SATA

O deputado do PPM questionou em plenário o Governo sobre o Plano de Negócios da SATA e lamenta que não tenha sido entregue como é previsto. Da parte do Governo, Berto Messias diz que o documento não é relevante porque está desactualizado, visto que a Administração da SATA mudou e a nova Administração deve apresentar novo documento em finais de Março.

“Chumbei muita gente” mas quando a  passagem de ano dependia da nota fazia um esforço para os alunos terem positiva Ler mais

“Chumbei muita gente” mas quando a passagem de ano dependia da nota fazia um esforço para os alunos terem positiva

Completa hoje 90 anos e o presente que mais vai gostar de receber é juntar a família toda à mesa do almoço. “A família é pequena”, admite bem disposto enquanto contabiliza três filhos, quatro netos e um bisneto que lhe alegra dos olhos quando dele fala. Sempre com uma anedota pronta a ser contada, Ricardo Ferreira admite ser “teimoso”, mas não se entusiasma quando é para admitir que fez parte da vida de muitas gerações enquanto professor de Matemática, primeiro na Escola Industrial, no Liceu e depois na Universidade. E é até com alguma leveza que fala do tempo em que foi dirigente da Académica, o seu clube do coração onde chegou a jogar, ou do tempo em que pertenceu aos Bombeiros de Ponta Delgada e ao Instituto Cultural de Ponta Delgada. Desfia os acontecimentos da vida como se fosse algo natural e não extraordinário, como ser um dos responsáveis pelo facto de hoje haver a Universidade dos Açores. Recorda a sua vida com muita lucidez, relatando factos e nomes, sempre com uma ou outra anedota à mistura, mas os olhos embaciam-se quando se recorda da “mancha negra” na sua vida: o facto da esposa Evangelina já não poder assistir à festa que hoje a família lhe prepara.

Chefs francês e português encantados com os Açores vão pôr no prato a sua visão  particular sobre os produtos regionais Ler mais

Chefs francês e português encantados com os Açores vão pôr no prato a sua visão particular sobre os produtos regionais

Durante uma semana, o chef francês Romuald Fassennet e o chef português Daniel Estriga estiveram nos Açores juntamente com o chef Tiago Santos, para transporem para o prato a sua visão dos produtos regionais. Tudo se vai conjugar num jantar de degustação que vai acontecer amanhã, Sábado, no restaurante O Baco. Tiago Santos, que se considera um embaixador dos Açores, espera que os convidados também o sejam agora nas suas regiões. 

Escola de Rabo de Peixe quer “transformar mentalidades através da arte” e levar  a comunidade a interagir mais com os alunos Ler mais

Escola de Rabo de Peixe quer “transformar mentalidades através da arte” e levar a comunidade a interagir mais com os alunos

O Plano Nacional das Artes estende-se aos Açores e a Escola Básica Integrada de Rabo de Peixe será uma das duas primeiras escolas a implementar o projecto, a par da Escola Básica Integrada da Maia. Trazer novas culturas à escola e levar a comunidade a participar dessas manifestações é o que pretende o projecto “De Fenais a Fenais: Cultura Matriz do Desenvolvimento Local”, que pretende depois 
alargar-se às freguesias de Fenais da Luz, Porto Formoso e Fenais da Ajuda. 

Governo açoriano garante que há projecto para Gás Natural Liquefeito na Terceira  mas tudo depende do mercado internacional Ler mais

Governo açoriano garante que há projecto para Gás Natural Liquefeito na Terceira mas tudo depende do mercado internacional

Tudo depende da intenção dos privados de se quererem instalar na Praia da Vitória para ali instalarem um ponto de abastecimento de navios movidos a Gás Natural Liquefeito (GNL). Há também a incerteza de que o GNL será um dos combustíveis a adoptar no futuro pelos grandes navios e depois quantos poderão ter os Açores na sua rota. Apesar da incerteza, o Governo Regional diz que está a dar condições aos privados para que ali se possam instalar, nomeadamente através dos estudos que estão a ser realizados através da Portos dos Açores. A Associação Regional de Revendedores de Combustíveis dos Açores acredita que o futuro ainda é muito incerto e que possivelmente o hidrogénio será mais utilizado nos navios do que o GNL e por isso concorda com todos os estudos que possam ser feitos já que o investimento numa estrutura para este fim será deveras avultada. 
 

Cinco jovens açorianos foram à Dinamarca “aprender a aprender” e outras competências na multiculturalidade europeia Ler mais

Cinco jovens açorianos foram à Dinamarca “aprender a aprender” e outras competências na multiculturalidade europeia

Uma parceria entre a Solidaried’arte e a Copenhagen Youth Center (entidade acolhedora) e outros sete países, financiada pelo programa Erasmus+ da União Europeia, levou cinco jovens a experienciar outras realidades e a conhecer outros jovens de toda a Europa para trabalhar competências. Desde reforçar competências ao nível das línguas estrangeiras, os jovens açorianos também aprenderam mais sobre empreendedorismo e expressão criativa. Os cinco jovens garantem que dificilmente vão esquecer a experiência.

Theme picker

Revista Pub açorianissima