Inscrição na UEFA visando a Liga Europa Ler mais

Inscrição na UEFA visando a Liga Europa

A Santa Clara Açores, Futebol SAD, equaciona inscrever a equipa na UEFA visando uma eventual classificação no final do campeonato da 1.ª Liga que garanta a qualificação para a Liga Europa.

Tinha apetência para marcar  aos açorianos Ler mais

Tinha apetência para marcar aos açorianos

Chama-se Thiago Nonato. Tem 23 anos de idade, é natural da cidade brasileiro de Dourados, estado do Mato Grosso do Sul, e está em Portugal desde Janeiro de 2018. É este o novo reforço para o ataque da equipa do Sporting Ideal.
O percurso de formação foi feito no América Mineiro, no Imbituba e no Criciúma. Já sénior alinhou pelo Grémio Prudente, Juventude Jaraguá e Almirante Barroso. A porta de entrada em Portugal foi pelo Algarve. Ingressou no Louletano. Na segunda parte da época de 2017/2018 alinhou em 5 jogos e fez 1 golo. Já na época passada deixou o registo de 8 golos em 25 jogos, 21 dos quais a titular na equipa de Loulé.
A particularidade de Thiago Nonato é a apetência que teve em marcar golos às equipas açorianas que na última temporada estiveram na série “D” do Campeonato de Portugal. Metade dos golos que apontou foram ao Sporting Ideal, ao Praiense e ao Angrense.
A primeira “vítima” foi o seu novo clube. A 18 de Novembro de 2018 marcou, no estádio do Algarve, ao Sporting Ideal, os 2 golos da partida da primeira volta do campeonato, jogo terminado com um empate a 2 golos.
Depois, marcou um golo ao Praiense e outro ao Angrense, contribuindo para os triunfos do Louletano, por 2-1 e por 2-0, respectivamente.
Thiago Nonato começa a treinar esta semana e, por isso, provavelmente não poderá jogar domingo, em Torres Vedras, frente ao Torreense, na estreia do Sporting Ideal no Campeonato de Portugal de 2019/20.
O plantel da equipa da cidade da Ribeira Grande passa a ser constituído por 22 atletas, 16 dos quais portugueses.


Pacheco estreou-se

A estreia de Pacheco com a camisola (de treino) do Sporting Ideal aconteceu Sábado, de manhã, num jogo treino com o Desportivo de São Roque.
Poucas pessoas compareceram no estádio municipal da Ribeira Grande para verem a equipa, verem Pacheco e o avançado João Dias, o antepenúltimo atleta a chegar à equipa. O ex-jogador do União de Lamas foi primeira opção do treinador André Branquinho. 
Com um ritmo mais forte, com uma equipa mais consistente, o Sporting Ideal ganhou facilmente por 7-0, com 3-0 ao intervalo. O Desportivo de São Roque, com apenas 4 dias de treino, deu a réplica possível. 
A equipa do Sporting Ideal apresentou os 21 jogadores disponíveis na altura. Registo que no primeiro “onze”, somente Imerson e Artur Santos jogaram na época anterior no quadro dos 6 jogadores que permaneceram no reformulado grupo.
Pedro Santos (2m); 2-0 Douglas (14m); 3-0 Baltazar (45m); 4-0 Lamine Bá (57m); 5-0 Pereirinha (64m); 6-0 Henrique Gomes (80m); 7-0 Pereirinha (83m) foram os autores dos golos.
 

“Rui Cordeiro ou é milagreiro ou então está a brincar com os sócios” Ler mais

“Rui Cordeiro ou é milagreiro ou então está a brincar com os sócios”

Na Assembleia Geral Ordinária do Clube Desportivo Santa Clara acabou por dominar o pedido de exoneração de sócio de Miguel Simas.
O antigo membro da Direcção e da Administração da SAD explicou ao Correio dos Açores as razões desta inesperada tomada de decisão e apresentou as preocupações sobe o futuro do clube e da SAD. 

“Não seria prudente avançar com o alargamento neste momento” Ler mais

“Não seria prudente avançar com o alargamento neste momento”

O tema do alargamento do Campeonato de Futebol dos Açores de 10 para 12 clubes está parado. A Direcção Regional do Desporto (DRD) deu a conhecer que não se justificava a alteração ao modelo competitivo. Uma das razões foi o enfraquecimento dos campeonatos de ilha devido à redução das equipas seniores. Um factor que foi determinante. Os números apresentados na reunião com as Associações refletem uma diminuição que se tem acentuado nos últimos anos. 
Mas que números, mas que razões? Estão arrumados nas gavetas da entidade que os elaborou e das que os receberam. Por isso desconhecem-se os argumentos. Falta de interesse ou uma privacidade que não se entende, quando a transparência tem sido apanágio da entidade regional. Era importante as pessoas que ainda vão seguindo o futebol regional saberem porque o alargamento, requerido pela maioria dos clubes, não vingou. 
Nestas colunas temos apresentado as reacções de vários agentes. Fizemo-lo dos presidentes das Associações de Futebol da Horta, de Angra do Heroísmo e do Vale Formoso. Hoje apresentamos a posição da Associação de Futebol de Ponta Delgada.
Robert Câmara concorda com os argumentos para o adiamento do alargamento e defende um modelo diferente do que foi proposto pelos clubes. Salvaguarda tratar-se de uma opinião pessoal.
Sobre a demora na apresentação pelas Associações de um documento que sustentasse a razão para o alargamento, o líder associativo revela a dificuldade sentida para que fosse conseguido.
 

Mais 4 mil cadeiras substituídas Ler mais

Mais 4 mil cadeiras substituídas

Como estava previsto, o Governo Regional dos Açores, através dos serviços de desporto da Direcção Regional e do Serviço de Desporto, procedem a mais melhoramentos no Estádio de São Miguel.

Revista Pub açorianissima