Edit Template

Berta Cabral defendeu em São Jorge mais turismo de qualidade em detrimento da quantidade

 A Secretária Regional do Turismo, Mobilidade e Infraestruturas, Berta Cabral, destacou ontem nas I Jornadas Atlânticas de Turismo, nas Velas de São Jorge, o crescimento que se tem vindo a registar ao nível turístico nos Açores.
Revelou ser este um crescimento sustentável, “mais em qualidade em detrimento da quantidade, sendo este um factor de relevância naquilo que se pretende para o futuro do sector na Região”.
A governante lembrou ainda que o arquipélago dos Açores desde 2019 é oficialmente reconhecido como o primeiro arquipélago do mundo a ser certificado ao abrigo do programa Earth Check Destino Sustentável, “tornando-se num dos poucos destinos turísticos sustentáveis do mundo. Esta honra que é actualmente partilhada por apenas 13 regiões em todo o mundo”.
Falando na mesma sessão de abertura, o Presidente do município das Velas disse esperar que as jornadas “possam servir para melhorar aquilo que é o sector turístico, numa aprendizagem entre culturas e destinos, sendo um bom momento de afirmação não só para as Velas, mas para São Jorge e os Açores em geral, assim como para o Sal (Cabo Verde) e Porto Santo (Madeira).”
Luís Silveira recordou ser este um evento aberto à população em geral, mas muito direccionada essencialmente aqueles que estão ligados directamente a este sector “em franco desenvolvimento, não só de São Jorge, assim como de outras ilhas, bem como dos municípios do Sal e de Porto Santo, sendo este um momento de promoção destes destinos”.
Por seu turno o Presidente da Câmara do Sal (Cabo Verde), Júlio Lopes, destacou igualmente “a relevância das Jornadas, como um momento para abordar temáticas inerentes aos três municípios, celebrando a amizade, a cooperação e ao mesmo tempo refletir o desenvolvimento sustentável dos municípios e ilhas”.
O autarca adiantou que o Sal quer “estar mais próximo destas realidades, estar mais próximo das regiões periféricas da Europa, onde já pertenceram pela História, Cultura e Geografia”.
Já Nuno Batista, o Presidente do município do Porto Santo (Madeira), realçou a importância da geminação existente há 30 anos entre os três municípios envolvidos nestas Jornadas, dando seguimento agora à troca de experiências entre estes.
Segundo reforçou, as jornadas “poderão ser um contributo fundamental não só para os três concelhos, mas também outros geminados, “sendo um importante momento de partilha de experiências, permitindo dar um salto qualitativo mais rápido neste sector, aproveitando a complementaridade destes três destinos.

Edit Template
Notícias Recentes
FACE A FACE!… com Rui Carvalho e Melo
Francisco Matos: “Há modalidades nos Açores que formam campeões nacionais e que têm pouco apoio institucional na Região…”
Artista plástica Nina Medeiros expõe “Mau Feitio” no Convento de Santo António, na Lagoa
Jovens arquitectos denunciam numa exposição em Lisboa a urgência de proteger a lagoa das Sete Cidades da excessiva fertilização dos solos
Vila Franca do Campo vai ter Núcleo da Cáritas a partir do dia 2 de Março
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores