Edit Template

Desejos para um novo ano

Está à porta 2024 e com ele os nossos votos de um bom ano para o nosso Mundo, que está cada vez mais enlouquecido e que precisa de paz e concórdia entre todos os povos da Terra.
Infelizmente, inúmeros conflitos armados e tensões persistem em várias partes do mundo, causando sofrimento humano, idosos, mulheres e crianças, vítimas inocentes e incontáveis barbaridades. É uma realidade complexa e desafiadora e todos nós sentimos o impacto desses eventos dolorosos.
Por isso, todos nós desejamos que 2024 seja um Feliz Ano Novo e que ele traga consigo alegrias, realizações e momentos especiais. Que seja repleto de saúde, sucesso e novas oportunidades. Que o Mundo encontre uma paz duradoira, cada vez mais longínqua, e que até cada um chegue a felicidade em cada dia e os sonhos se concretizem.
Que o ano novo seja uma caminhada cheia de crescimento pessoal e memórias inesquecíveis, cercada de esperança e prosperidade. É verdade que as prioridades e desejos podem variar de pessoa para pessoa, mas a etapa de um novo ano muitas vezes é quase sempre vista como uma oportunidade de renovação e reflexão, levando cada um a definir metas e aspirações para os meses que se aproximam.
Como tal, é importante cada um contribuir para que o novo ano seja melhor do que este que passou e vontade de fazer a diferença nas nossas famílias, na comunidade, e em todos os lugares onde estivermos inseridos, mesmo participando em atividades de voluntariado ou contribuindo para causas que são importantes para a nossa vida coletiva, ajudando a melhorar o nosso Planeta, já de si enfermo, preocupação compartilhada por muitas pessoas ao redor do mundo, cujos desafios ambientais globais urge ultrapassar.
O reconhecimento desses desafios tem levado a um aumento da conscientização para a preservação ambiental e em esforços para promover práticas mais sustentáveis e ações para mitigar as mudanças negativas, pelo que importa encontrar gestos quotidianos que visem implementar práticas mais sustentáveis para proteger e preservar o nosso meio ambiente.
Que o Ano Novo venha repleto de alegrias, realizações, saúde e momentos significativos e traga consigo novas oportunidades, prosperidade e sucesso em todas as áreas da vida e possamos enfrentar os desafios com coragem e celebrar as conquistas com gratidão.

António Pedro Costa

Não perder a esperança

Caros leitores do Correio dos Açores. Faltam poucas horas até entramos no ano 2024, ano bissexto que tem fama ser difícil, com mais problemas. Acho que isso é só preconceito. Penso de outra maneira: temos mais um dia nesse ano, então, mais possibilidade e oportunidade de realizar os nossos sonhos, fazer conquistas, ter mais 24 horas para estar com família, amigos, simplesmente viver. Quem faz anos no dia 29 de fevereiro, esperou 4 anos para fazer festa de aniversário.
Cada pessoa, neste Mundo, tem os seus sonhos, objetivos, dificuldades, obstáculos. E, quando pensamos o que podemos desejar a quem não conhecemos pessoalmente, nascem palavras globais, que funcionam em qualquer país, em qualquer parte do nosso Planeta e percebemos que a nossa mensagem, os nossos votos e desejos para cada pessoa seriam muito mais individual: entrar na Universidade, encontrar emprego, vencer a doença, entre tantas e tantas outras e mais coisas possíveis…
Ano novo sempre nos traz esperança de que venham mudanças positivas, sejam nas nossas vidas pessoais, sejam de forma global. Ano 2023 foi, globalmente, assustador. Todos estamos a sentir que a nossa Terra não está em harmonia, com guerras, catástrofes naturais, com graves problemas nas economias, desigualdades; temos a sensação que as nossas vidas se tornam numa corrida diária, com pouco tempo para nós próprios e para os nossos próximos. Quero muito, como todos, não perder a esperança de que ficaremos mais humanos; que hipocrisia política comece a desaparecer e que comecem as mudanças globais verdadeiras para que cada pessoa tenha, de verdade, uma vida digna. Como todos nós, quero acreditar que inteligência humana, as verdadeiras diplomacias consigam parar com as guerras, com os conflitos que transformam as nossas vidas, mesmo quando acontecem em sítios, aparentemente, longínquos.
Desde os primeiros dias do Novo Ano, desejo que todos nós tivéssemos e não perdêssemos (que muitas vezes é difícil) a Esperança na realização das nossas conquistas e sonhos a um ou vários objetivos importantes. No próximo Ano, desejo-vos saúde, tanto calor e conforto quanto possível, vitalidade inesgotável, respeito mútuo e que os momentos de alegria vençam todos os momentos difíceis.
UM BOM E FELIZ ANO PARA TODOS.

Svetlana Pascoal

Agradeço até mesmo por não ter tudo o que pedi

O fim do ano chegou e com ele nós encerramos ciclos, fechamos portas, terminamos capítulos. É importante deixar ir o passado e fazer deste ano que chega uma nova oportunidade.
2023 foi um ano de reflexão, luta e muito esforço. Espero que o próximo seja de mais determinação e colheita dos frutos plantados.
Guardo dentro de mim os momentos mais marcantes, a estreia do eco saudoso da minha voz no norte de Portugal bem depois de o ter feito na capital, guardo a vivência familiar semeando que o impossível está mesmo a chegar, o filho que acrescenta continuidade à vontade de nunca desistir. Por isso sigo com a esperança de algo melhor, mais pacífico e glorioso.
Sei que em 2024 encontrarei no berço da fé e na música um regresso mais efetivo à vida pública seja num palco amante dos meus rythem blues e soul ou num “pastinho” doando-me de visão inteira ao campo social que tanto aprecio.
Urge que a vida seja mais… seja ela um ministério!
Tudo sempre nas mãos de Deus!
Agradeço até mesmo por não ter tudo o que pedi. Isso é a vida me dizendo que nem tudo que desejo é capaz de me fazer feliz.
A vida pode tirar tudo de nós, menos o direito de se reinventar.
Feliz 2024!

Vânia Dilac

Ano Novo – Momento de Reflexão

À medida que nos despedimos de um ano repleto de histórias, desafios e triunfos, preparamo-nos para acolher um novo capítulo pleno de esperança e possibilidades. O Ano Novo é um momento de reflexão, uma oportunidade para olharmos para trás e avaliarmos as nossas jornadas, e também para olharmos em frente com otimismo e determinação.
Foi um ano em que vivenciámos eventos que nos testaram de formas inimagináveis e assistimos a momentos de coragem incrível, de resiliência e de solidariedade comunitária. Que os próximos 365 dias sejam repletos de alegria, saúde, sucesso e amor, que possamos enfrentar os desafios com coragem e abraçar as oportunidades com entusiasmo e que estejamos mais unidos na procura de um mundo mais justo, mais pacífico e mais sustentável. Que possamos aproveitar cada momento e valorizar as coisas simples que tornam a vida especial.
Desejo-vos a todos um Ano Novo repleto de saúde, felicidade e muito sucesso.

Lourdes da Ponte

Gratidão

A gratidão é a chave que o Grupo Doce Sinfonia entrega a todos os nossos familiares, amigos, fãs e seguidores para abrirem as portas da felicidade. Em 2024, reservamos um momento todos os dias para agradecer pelas pequenas e grandes bênçãos da vida. Ao fazer isso, encontrarão alegria nas coisas simples e se sentirão inspirados a compartilhar essa alegria.
O nosso sonho foi realizado com o lançamento do nosso primeiro Ep, constituído por 5 temas originais, com o título Doce Sinfonia. Tratou-se de uma experiência desafiadora, mas a resiliência permite-nos superar todos os obstáculos, sempre com a força e foco em apresentar aos Açores e aos Açoreanos um trabalho discográfico feito com muito amor e dedicação.
Fazemos votos para que em 2024 o nosso trabalho seja coroado de sucesso, com boa música e sempre com a nossa alegria e humildade.
Como tal, em nome do Grupo Doce Sinfonia, desejomuita saúde, amor, prosperidade, fé e esperança para todos em geral e que neste novo ano que se aproxima se aproveite as festividades ao lado de quem te faz bem e plante amor nesta virada de ano.
Aproveitem e ouçam as nossas músicas já disponíveis em todas as plataformas digitais. O Cd físico será lançado em janeiro de 2024. Abraços musicais e Feliz Ano Novo.

Cátia Melo e Pedro Carreiro

Quebrar barreiras, lutar pelo que se acredita!

Rituais de passagem convidam à experiência de conexão com o tempo e à valorização da nossa trajetória para a abertura dum novo ciclo. É tempo de traçar metas, algumas novas, outras recuperadas em boas vontades de mudança.
Porque cada ano que entra é sempre tempo de fazer acontecer. O ano de 23 despede-se e para muitos fica o alento do dever cumprido. Para outros, inicia-se um tempo de novas escolhas, outros medos, e o propósito de novas metas. Tempo também de celebrar e de agradecer: o que somos e o que temos.
Todo o fim marca um novo recomeço. Vamos quebrar barreiras, lutar pelo que se acredita. Concretizar. E, que venham novas histórias e diferentes realizações.
Que 2024 seja uma porta aberta para os sonhos possíveis e para termos Paz. Vamos fazer um brinde a 2024. À nossa!

Laudalina Estrela

Sementes de paz e de amor

Entre as muitas mensagens destes dias, frequentemente se ouvem “Ano novo vida nova”, mensagens fugazes ditas ao sabor do vento. Mensagens repetidas ano após ano, na força das vezes sem pararmos para pensar ou sequer agir para as realizar. Mensagens perdidas poucos dias após o início de Janeiro.
Convido-o hoje a pensar nestas mensagens. Se falarmos de vida nova, esta vida tem de partir de nós, somos nós os construtores da vida nova. Falarmos de paz e amor, de pouco nos serve se não os vivermos. Desejar paz é inútil se não a construímos no nosso lar. Se desejamos amor temos (Nós) de o espalhar por onde passarmos.
Neste novo tempo que se inicia, cheio de expectativas, sejam as nossas vidas sementes de desta paz e deste amor. Mergulhados na esperança, seja a nossa vida uma vida nova, não de palavras vãs e vazias, mas de gestos concretos, pequenos gestos capazes de mudar o nosso mundo.(E tanto precisamos de mudar o mundo)
Nos caminhos deste 2024, sejamos mensagens vivas de bom ano, levando a todos um sorriso, um carinho, um gesto fraterno, construindo um mundo melhor. E que lá para a frente, em Maio, Agosto ou Setembro, continue a ser um bom ano e a nossa vida continue a ser esta bonita mensagem lida por quem se cruzar connosco.
Perante tantos cenários de dor e destruição causados pelo ódio humano, eu continuo a acreditar no homem, sei que somos capazes de melhor, sei que somos capazes de amar. Sei que és capaz de mudar o mundo! Tu, eu e cada um nós, podemos semear amor esperança e paz.

Samuel de Melo Pacheco

A Cultura, um ativo açoriano presente

O Jornal Correio dos Açores é um jornal que, mesmo de longe, acompanho diariamente. Fico ao corrente das suas notícias e sempre me surpreende pelo facto de dar a conhecer artistas da terra, exercendo um papel muito importante relacionado com a cultura, que já pouco vejo noutros Jornais.
Estão assim de parabéns todos os que trabalham nesse Jornale espero que no novo ano de 2024 continuem a brindar-nos com a divulgação e conhecimento da cultura açoriana, tal como tem sido a sua esteira jornalística.
Assim, desejo um excelente ano de 2024 repleto de excelentes notícias como sempre e que a Cultura seja sempre um ativo açoriano presente.

Lena Gal

Edit Template
Notícias Recentes
Governo destaca Marca Açores como uma ferramenta essencial na promoção dos produtos e serviços do arquipélago
Presidente do Governo reafirmou ao Almirante Gouveia e Melo os poderes autonómicos dos Açores na gestão do mar
Padre Duarte Melo e Leonor Anahory defendem que se deve aproveitar o saber dos mais velhos para ajudar a formar os mais novos
Dezenas de pessoas “com muita devoção pelo Espírito Santo” ajudaram nos preparativos das 13 mil sopas que serão servidas hoje no Campo de São Francisco
Cinco detidos no aeroporto de Ponta Delgada com documentos de identificação falsos
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores