Edit Template

Centenas de pessoas esperaram ontem vez no Serviço de Águas da Câmara de Ponta Delgada para pagar facturas com atrasos desde Outubro

A tesouraria dos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento (SMAS) de Ponta Delgada esteve ontem congestionada devido a uma enorme afluência de utentes que se deslocaram aos serviços para realizar pagamentos, com uma grande fila ao longo da Rua Tavares Resende.
Segundo o SMAS, tratou-se maioritariamente de clientes que estavam a fazer pagamentos de facturas atrasadas ainda do mês de Outubro. Os utentes teriam até dia 3 de Janeiro, no máximo, para realizar o pagamento e, assim, evitar o corte de água.
De acordo com o departamento dos Serviços Municipalizados de Abastecimento de Água contactado pelo Correio dos Açores, os procedimentos aconteceram normalmente e, na semana anterior, verificou-se pouca afluência à tesouraria, não obstante a população ter conhecimento da tolerância de ponto no dia 2 de Janeiro concedida aos serviços públicos.
A informação foi, posteriormente, confirmada pela Câmara Municipal de Ponta Delgada, ao reforçar que a fila “deveu-se ao facto de muita gente estar a pagar facturas em atraso, na sua maioria do mês de Outubro”. Adiantou que não existe qualquer problema de atendimento ao nível dos SMAS.
Até à porta do edifício e mesmo na rua, cerca de uma centena de pessoas aguardava a sua vez. Algumas afirmavam estar já várias horas à espera de serem atendidas, com dezenas de senhas à sua frente. Alguns utentes atribuíam a culpa ao encerramento dos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento a 2 de Janeiro, tolerância de ponto. Muitas pessoas, com faturas atrasadas, receavam o corte de água caso não conseguissem proceder ao pagamento ao longo do dia de ontem.
A tesouraria do Serviço Municipal de Abastecimento de Água encerra, habitualmente, às 15h00, mas segundo as informações concedidas ao Correio dos Açores, “caso se verifique maior afluência, o horário de funcionamento poderá prolongar-se e os utentes que tiraram a senha até à hora de encerramento são atendidas”.
O informador dos Serviços de Abastecimento de Água da Câmara de Ponta Delgada admitiu que a situação que se verificou ontem “é estranha”, mas que “o congestionamento na tesouraria não foi provocado pelo funcionamento dos serviços”.

M.R.

Edit Template
Notícias Recentes
Cuidar do nosso património
Flagelo da toxicodependência, falta de habitação e o agravamento da pobreza são as maiores dificuldades que afligem as famílias da Ribeira Seca
Presidente da Assembleia destaca importância do Museu do Parlamento no 1º aniversário
Bombeiros de Ponta Delgada vão transportar Coroado Município na Grande Coroação deste Domingo
“Um dos objectivos que distingue a RARA é a tentativa de afirmação do artesanato como uma profissão de futuro”
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores