Edit Template

Comando da Zona Marítima realiza primeiro recrutamento de jovens para prestarem serviço nos Açores

O Comando da Zona Marítima dos Açores realiza, pela primeira vez, um projecto-piloto de recrutamento, que decorre de 15 a 20 de Janeiro, com acções que visam informar os açorianos e cativá-los a prestar serviço na Região.
O público-alvo da campanha centra-se nos jovens dos 18 aos 24 anos, de nacionalidade portuguesa, oriundos ou residentes no arquipélago, com habilitações literárias entre o 9º e o 12º ano, desempregados, para ingresso na categoria de praças, em regime de contrato (de três a seis anos), na classe do Serviço Naval, tanto em unidades em terra como em unidades navais, explicou o Comodoro Paulo Lopes à Rádio Atlântida.
Em São Miguel, a equipa destacada para recolher candidaturas marcará presença no Centro Comercial Parque Atlântico, no Auditório da Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada, bem como, no Teatro Ribeiragrandense. Já na ilha Terceira, as acções decorrerão na Academia da Juventude e das Artes, na Praia da Vitória, e ainda em Angra do Heroísmo, no Pequeno Auditório de Centro Cultural e de Congressos.
Segundo o Comandante da Zona Marítima dos Açores, as expectativas de adesão ao recrutamento são “francamente positivas”, uma vez que os açorianos têm “uma relação privilegiada com o mar”.
Numa fase inicial, serão ainda realizadas provas físicas – que não serão eliminatórias durante este período -, aliadas a testes médicos e psicotécnicos para “garantir que os candidatos tenham todas as condições para abraçar a vida de militar”. Todos os outros requisitos necessários podem ser consultados no Portal da Marinha (https://candidaturas.marinha.pt/).
Já após a selecção, será dado uma formação, durante cinco semanas, na Escola de Fuzileiros, no Barreiro, Margem Sul, que irá permitir aos jovens administrar os conhecimentos e competências essenciais à realização de tarefas básicas e estimular a “criação de um espírito de corpo de identidade”.
Num momento posterior, a Marinha também proporcionará uma formação Nível IV de qualificação profissional com o intuito de zelar pela igualdade de oportunidades, de géneros, tal como a progressão na carreira.

Edit Template
Notícias Recentes
Deputada municipal da Povoação quer a freguesia das Furnas sem carros e uma gestão adequada do espaço da lagoa e dos cozidos das caldeiras
Marcelo e Luís Montenegro destacam a excelência da agricultura açoriana no panorama nacional
Confusão com disponibilidade de caixas para o peixe levou intermediários a só comprar peixe a partir das 13 horas
Governo estrutura Parque Marinho dos Açores e delimita as Áreas Marinhas Protegidas Oceânicas e interdita 30% do mar a actividades extractivas
Câmara Municipal de Ponta Delgada promove as XXI Grandes Festas do Divino Espírito Santo de 11 a 14 de Julho
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores