Edit Template

Chegam mais 82 médicos aos hospitais e centros de saúde de São Miguel e da Terceira

Os Açores recebem este ano (2024) 82 novos médicos – segundo dados do Serviço Regional de Saúde agora divulgados oficialmente.
Internos do ano comum ou formação geral são 52, distribuídos por Ponta Delgada (37), Angra do Heroísmo (12) e Horta (três).
Quanto a internos de formação específica ou especialidade, são 30, de novo distribuídos pelos três hospitais dos Açores, mas também por duas unidades de saúde de ilha. Para São Miguel estão contemplados 17 para o hospital e oito para a unidade de saúde, enquanto a Terceira é contemplada com um no hospital e dois na unidade de saúde. O hospital da Horta (Faial) é contemplado com dois médicos na categoria em causa.
Os médicos que estão na Região ao abrigo do documento legal que prevê a fixação de profissionais da área (Decreto Regulamentar Regional nº 1/2022/A, de 21 de Janeiro) estão obrigados a um período de permanência nos Açores de pelo menos três anos. Este normativo permitiu até agora a fixação de cerca de 50 médicos.
Entre outros incentivos, os médicos recebem por um período de três anos um acréscimo financeiro de montante variável consoante a ilha onde sejam colocados. O valor do incentivo pecuniário é fixado em função das carências sentidas nas respectivas ilhas, por zonas, em percentagem relativa à remuneração base correspondente à primeira posição remuneratória da categoria de assistente, das carreiras médica e especial médica”, estipula o quadro legal.
Nas ilhas São Miguel e Terceira a majoração é de 35 %, subindo para 40 por cento no Faial e no Pico). Nas restantes ilhas (Santa Maria, Graciosa, São Jorge, Flores e Corvo) a majoração é de 45 por cento.

Edit Template
Notícias Recentes
FACE A FACE!… com Rui Carvalho e Melo
Francisco Matos: “Há modalidades nos Açores que formam campeões nacionais e que têm pouco apoio institucional na Região…”
Artista plástica Nina Medeiros expõe “Mau Feitio” no Convento de Santo António, na Lagoa
Jovens arquitectos denunciam numa exposição em Lisboa a urgência de proteger a lagoa das Sete Cidades da excessiva fertilização dos solos
Vila Franca do Campo vai ter Núcleo da Cáritas a partir do dia 2 de Março
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores