Edit Template

Obrigado

O dia 11 de Janeiro foi escolhido, em 2014, como o dia do “obrigado”, data ainda muito pouco divulgada, mas que tem por fim agradecer às pessoas com quem privamos e lidamos no dia a dia ou demonstrar esse obrigado apenas por gestos. Neste dia, seria bom dizer obrigado a todos os que merecem ouvir esta palavra, um hábito antigo que se deveria manter pelo ano inteiro.
O Dia Internacional do Obrigado foi criado através das redes sociais na Internet e foi se enraizando aos poucos, tendo um fim nobre e sempre necessário, que mesmo parecendo insignificante, esta palavra de oito letras pode fazer toda a diferença para quem a recebe e deixa, seguramente, mais feliz quem a profere.
A este propósito, regista-se o que o Papa Francisco disse sobre o “obrigado”: “A ingratidão gera violência, tira a nossa paz e nos faz sentir e falar gritando, sem paz, enquanto um simples ‘obrigado’ pode trazer paz!”. “As três palavras que são o segredo da convivência humana: obrigado, permissão, perdão.
Eu sei como dizer essas três palavras? Obrigado, permissão, perdão, desculpe. Eu sei como pronunciar essas três palavras? É uma palavra pequena, “obrigado” – é uma palavra pequena, “permissão”, é uma palavra pequena para pedir desculpas, “perdão” – esperada todos os dias por Deus e pelos irmãos. Perguntemo-nos se estas pequenas palavras “obrigado”, “permissão”, “perdão, desculpe” estão presentes nas nossas vidas”.
“Perguntemo-nos então – insistiu o Papa: tenho consciência de ter recebido como dom a vida e a fé, e de ser eu mesmo, um dom de Deus? Eu acredito que tudo começa com graça do Senhor? Entendo que sou um beneficiário sem mérito, amado e salvo gratuitamente? E sobretudo, em resposta à graça, sei dizer ‘obrigado’?”
Há estudos que explicam os benefícios da gratidão para a saúde. A ideia é que, ao sentirem-se gratas, as pessoas tendem a pensar positivamente, pois a gratidão é um fator de resiliência muito importante.
Neste Dia Internacional do Obrigado façamos o esforço por agradecer a todos os que fazem parte das nossas vidas e que nos alegram, que nos fazem sonhar e acreditar. Palavras como “obrigado”, “agradecido”, “grato” não devem ser esquecidas e o seu uso diário incentivado. Há, inclusivamente, estudos que alegam que ser grato pelas pequenas coisas da vida trazem grandes benefícios.
Agradecer também pelos momentos difíceis da vida é reconhecer neles oportunidades de aprendizagem e crescimento pessoal. Agradecer pela vida é, pois, celebrar a nossa existência e honrar o dom mais precioso que recebemos.
A vida é uma viagem cheia de surpresas e encantos, pelo que possamos ser gratos por cada paisagem desfrutada ao longo do caminho e pelos momentos únicos que tornam esta jornada tão inesquecível. Todos os dias pedimos coisas, desejamos coisas e esquecemo-nos de agradecer aquilo que temos e que todos os dias recebemos.
Estar vivo é uma bênção. Ter saúde, ter família, ter amor e trabalho, também, assim como, ter um teto e ter comida na mesa, ver o sorriso dos nossos filhos… são dádivas únicas e preciosas, pois são presentes que Deus nos oferece sem pedir nada em troca.
Devemos aprender a agradecer, todos os dias, pela dádiva da vida e sentirmo-nos gratos e a vida encarregar-se-á de nos dar ainda mais motivos para agradecer.
Na hora do agradecimento, estes são alguns dos vocábulos mais usados pelos portugueses: agradecido, que se relaciona com as graças que se dão reconhecidamente; grato, que assenta no latim gratus, isto é, acolhido com reconhecimento e bem-haja, fórmula que traduz um reconhecimento sincero de quem apenas deseja que o bem recaia na pessoa que motivou o agradecimento.
Por isso, seja qual for a fase da vida que estiver a viver, em vez de se focar naquilo que mais lhe faz falta, no que não corre bem, concentre-se, pelo contrário, nas coisas boas que tem à sua volta, pois elas existem sempre.

Por: António Pedro Costa
Edit Template
Notícias Recentes
Deputada municipal da Povoação quer a freguesia das Furnas sem carros e uma gestão adequada do espaço da lagoa e dos cozidos das caldeiras
Marcelo e Luís Montenegro destacam a excelência da agricultura açoriana no panorama nacional
Confusão com disponibilidade de caixas para o peixe levou intermediários a só comprar peixe a partir das 13 horas
Governo estrutura Parque Marinho dos Açores e delimita as Áreas Marinhas Protegidas Oceânicas e interdita 30% do mar a actividades extractivas
Câmara Municipal de Ponta Delgada promove as XXI Grandes Festas do Divino Espírito Santo de 11 a 14 de Julho
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores