Edit Template

Centro Municipal de Cultura de Ponta Delgada acolhe exposição de Joaquim Marques a 26 de Janeiro

O Centro Municipal de Cultura irá inaugurar, no próximo dia 25 de Janeiro, pelas 18h30, a Exposição de Pintura “Verdes Memórias”, de Joaquim Marques.
A referida mostra é composta por 13 trabalhos a óleo, telas de pequeno formato, que convidam o público a acompanhar o artista numa viagem que liga paisagens oníricas a memórias longínquas.
Com esta exposição pretende-se despertar um olhar poético sobre “a natureza com os seus tons de verde e as suas texturas exuberantes, como uma metáfora do ciclo da vida, eterno e aparentemente imutável”.
Segundo a sinopse de “Verdes Memórias”, “a infância para o poeta é um modo de ver o mundo, com a curiosidade de quem olha pela primeira vez para as coisas, e dessa forma ensina-nos que como adultos precisamos reaprender a reencantar-nos com as coisas à nossa volta com esse olhar puro da criança e o seu modo tão particular de habitar o mundo e tirar das experiências mais simples aventuras extraordinárias” e é este o verdadeiro objectivo desta exposição.
Quanto ao artista, Joaquim Marques, este formou-se na Escola de Artes e Design de Offenbach e na Escola de Belas Artes de Frankfurt, onde concluiu o curso de Artes Visuais.
Joaquim Marques foi, ainda, bolseiro da Fundação Johannes Mosbach em Offenbach e do DAAD (Serviço de Intercâmbio Académico Alemão), em 2001/2002 desenvolveu um projecto individual de Pintura no Ar.Co em Lisboa, já em 2013 e 2016, viveu e trabalhou no Brasil e em 2015 criou, com a artista Letícia Barreto, o duo artístico Pocket Entropy, colaborando em vários projectos desde então.
O autor desta exposição, que estará patente no referido espaço municipal de 26 de Janeiro a 7 de Março 2024, acabou por regressar a Portugal em 2017, foi artista residente na MArt em Lisboa, no SIAC 5 na Guarda e na Viarco em São João da Madeira e, actualmente, trabalha e reside em Alverca do Ribatejo.

Edit Template
Notícias Recentes
FACE A FACE!… com Rui Carvalho e Melo
Francisco Matos: “Há modalidades nos Açores que formam campeões nacionais e que têm pouco apoio institucional na Região…”
Artista plástica Nina Medeiros expõe “Mau Feitio” no Convento de Santo António, na Lagoa
Jovens arquitectos denunciam numa exposição em Lisboa a urgência de proteger a lagoa das Sete Cidades da excessiva fertilização dos solos
Vila Franca do Campo vai ter Núcleo da Cáritas a partir do dia 2 de Março
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores