Edit Template

“(Re)descobrir o património religioso”: Diocese de Angra promove formação para guias turísticos e agente culturais

A iniciativa integra-se no projecto de investigação DIO 500 que está a promover o estudo da História Religiosa dos Açores, no âmbito das comemorações dos 500 anos da Diocese insular
Os guias turísticos inscritos na Associação de Guias Turísticos dos Açores e os agentes culturais são os destinatários do curso “(Re)descobrir o património religioso dos Açores” que entre 6 e 7 de Fevereiro vai decorrer no Convento da Esperança e na Igreja do Colégio, em Ponta Delgada, respectivamente.
A iniciativa, levada a cabo no âmbito do projecto DIO 500, uma parceria entre a Diocese de Angra e a Universidade dos Açores, que tem em vista a criação da História Religiosa dos Açores, conta com quatro conferências sobre o património: “Apontamentos para a história religiosa dos Açores”, por Susana Goulart Costa, no dia 6 de Fevereiro, entre as 10h00 e as 12h00 e depois de tarde, entre as 14h00 e as 16h00 “Os espaços sagrados: olhares sobre o Convento da Esperança”, pelo padre Hélio Nuno Soares. No dia 7, entre as 10h00 e as 12h00, Isabel Albergaria interpretará “a Arte sacra açoriana” e, entre as 14h00 e as 16h00 Igor França irá apresentar uma comunicação.
“Dar formação aos guias turísticos e perceber as necessidades e lacunas ao nível do conhecimento sobre história e património religioso dos Açores” é um dos dois objectivos “genéricos” da iniciativa segundo uma nota enviada ao Sítio Igreja Açores.
“A partir desta primeira formação pretendemos aprofundar os temas apresentados e ampliar para outras áreas que suscitem interesse, numa óptica de divulgação cultural e evangelização pela arte”, sublinha ainda a nota.
A inscrição no evento pode ser feita através do email agitaacores@gmail.com

Edit Template
Notícias Recentes
Cuidar do nosso património
Flagelo da toxicodependência, falta de habitação e o agravamento da pobreza são as maiores dificuldades que afligem as famílias da Ribeira Seca
Presidente da Assembleia destaca importância do Museu do Parlamento no 1º aniversário
Bombeiros de Ponta Delgada vão transportar Coroado Município na Grande Coroação deste Domingo
“Um dos objectivos que distingue a RARA é a tentativa de afirmação do artesanato como uma profissão de futuro”
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores