Edit Template

Em 2023 os pedidos de apoio à Junta de Freguesia do Pilar da Bretanha ultrapassaram em mais do dobro todos os outros anos, afirma Duarte Carvalho

Duarte Carvalho, Presidente da Junta de Freguesia do Pilar da Bretanha, afirma que a freguesia enfrenta algumas dificuldades como o envelhecimento da população, a carência de habitações e o aumento do consumo de drogas que, consequentemente, tem feito incrementar a criminalidade. Refere, ainda, que existem muitos casos de pobreza na freguesia.

Correio dos Açores – Que retrato pode fazer da freguesia do Pilar da Bretanha?
Duarte Carvalho (Presidente da Junta de Freguesia) – A freguesia do Pilar da Bretanha é a mais pequena freguesia do concelho de Ponta Delgada, com cerca de 760 habitantes, uma área geográfica de 6 mil metros quadrados. Dista 30 quilómetros do centro de Ponta Delgada e partilha vizinhança com as freguesias de Ajuda da Bretanha, Sete Cidades e Mosteiros.
A existência desta freguesia tem despertado através dos tempos uma natural curiosidade, não só da parte dos micaelenses, mas sobretudo por parte dos numerosos estrangeiros que a visitam e manifestam interesse na sua origem.
Teve origem na extinta freguesia da Bretanha, uma das zonas mais antigas e mais homogéneas devido ao seu povoamento. A sua ocupação, na maioria por povos provenientes da Grã-Bretanha e da Bretanha francesa, foi, sem dúvida, a marca que perdura até hoje com uma cultura muita própria que se manifesta em vários aspectos, nomeadamente na dicção.
A 10 de Julho de 2002, após reunidas as condições de viabilidade administrativa e financeira, a Assembleia Legislativa Regional dos Açores decretou por extinção a antiga freguesia da Bretanha e a criação da freguesia do Pilar, tornando assim possível a realização do há muito esperado sonho que naturalmente se reflectia na ambição de mais e melhores infra-estruturas, serviços e qualidade de vida.
O Pilar da Bretanha é hoje uma freguesia com um passado muito rico e com tradições muito próprias. As festividades em honra do Divino Espírito Santo e a cultura do inhame são, sem dúvida, a bandeira desta freguesia.
Existem outros aspectos típicos que caracterizam a freguesia, tais como a arquitectura do património, como por exemplo a arquitectura da actual igreja paroquial de Nossa Senhora do Pilar, construída em 1680 pelo Capitão Sebastião Álvares de Benevides como ermida sufragânea ao lugar dos Mosteiros, a arquitectura dos Triatos do Espírito Santo que albergam a Bandeira e a Coroa dos impérios ou a arquitectura dos fontenários onde antigamente as mulheres lavavam as roupas; ou ainda a tradicional arquitectura das casas com a particularidade de manter em anexo um granel típico de apoio à actividade agrícola.

Quais são as principais dificuldades que a freguesia enfrenta actualmente?
Actualmente, o Pilar da Bretanha enfrenta muitas dificuldades devido ao envelhecimento da população, a falta de emprego e à distância da cidade, factor que leva muitos jovens a abandonar a nossa freguesia.
Qual a dimensão da carência de habitações no Pilar da Bretanha?
A nossa freguesia tem muitas casas degradadas, mas também já temos muitas casas reabilitadas por imigrantes que voltaram às suas origens e reconstruiram as suas casas de família. No entanto, a freguesia necessitava de mais apoios à habitação para que os jovens fiquem na nossa freguesia.

Tem aumentado o tráfico e o número de toxicodependência na freguesia? Qual o impacto que o consumo da droga está a ter na sociedade local?
Infelizmente, o número de toxicodepen-dentes na nossa freguesia tem aumentado. Existem muito mais roubos, insegurança e famílias destruídas com o aumento do consumo de drogas.

Tem havido aumento da criminalidade na freguesia do Pilar como consequência da toxicodependência?
Sem dúvida. O Pilar da Bretanha não é excepção e não foge à realidade das outras freguesias. Apesar de ser uma freguesia pequena, a criminalidade tem vindo a aumentar. Temos feito os possíveis para ajudar esses jovens como apoio dos familiares mas, infelizmente, existem muitos que não querem ajuda.

Qual a dimensão da pobreza na freguesia? Que tem feito a Junta de Freguesia a este nível?
Na nossa freguesia temos muitos casos de pobreza. A Junta de Freguesia do Pilar da Bretanha tem feito os possíveis ao encaminhar alguns casos para a Segurança Social, bem como ao ajudar com as casas degradadas.

O número de pedidos de apoio à Junta aumentou? Em que dimensão?
No ano de 2023, os pedidos de apoio à nossa Junta ultrapassaram em mais do dobro todos os outros anos.

Qual é a abordagem da Junta de Freguesia ao desenvolvimento do turismo? E qual o seu impacto na freguesia?
A Junta de Freguesia do Pilar da Bretanha investe muito no turismo local, quer ao apoiar eventos para trazer população à nossa freguesia, quer naquilo que diz respeito a manter trilhos e palheiros limpos e acessíveis à população, e aos nossos visitantes.

Como a Junta de Freguesia está a trabalhar para promover o desenvolvimento global da freguesia?
A Junta de Freguesia está a trabalhar em parceria com várias entidades, nomeadamente o grupo de jovens, o centro de convívio de idosos, o comércio da freguesia. Além disso, dá apoio para que os jovens desenvolvam os seus desportos para promover a freguesia.

De que forma a freguesia está a preservar o seu património cultural e a promover actividades culturais locais?
A Junta de Freguesia preserva e tem muito orgulho no seu património, por isso apoia e ajuda a manter as tradições, tais como impérios e festas da padroeira.

A freguesia tem potencial para se desenvolver mais? Em que áreas?
A freguesia tem muito potencial para se desenvolver mais, na medida em que tem muitas pessoas com grandes habilidades e conhecimentos, como é o caso das bordadeiras, cozinheiras em forno de lenha, entre outros.
A nível de turismo, a nossa freguesia já tem uma grande oferta de alojamentos locais e poderia ter um maior desenvolvimento através da criação de oportunidades, para que os jovens possam abrir o seu próprio negócio na área do turismo.

Quais são as principais prioridades de desenvolvimento nos próximos anos?
As principais prioridades de desenvolvimento nos próximos tempos são o apoio às famílias com habitações degradadas, o apoio aos jovens e atletas da nossa freguesia, continuar a apoiar para manter as nossas tradições locais e manter a nossa freguesia limpa com fácil acesso aos nossos visitantes.

Carlota Pimentel

Edit Template
Notícias Recentes
Novo modelo de avaliação externa dos alunos a partir de 2024/2025
Octant Furnas lança nova carta de Verão com sabores dos Açores com assinatura do Chef alentejano Henrique Mouro
Homem de 48 anos detido no Aeroporto João Paulo II por suspeita da prática do crime de posse de arma proibida
Incêndio em casa devoluta nas Laranjeiras
Câmara investe 250 mil euros na requalificação de ruas nas Capelas
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores