Edit Template

Abertas as candidaturas ao concurso ‘Prémio Gaspar Fructuoso” na Ribeira Grande

A Câmara Municipal da Ribeira Grande informou ontem que se encontram abertas até às 16h00 do dia 15 de Março de 2024, as candidaturas ao “Prémio Gaspar Fructuoso”, com o prémio de natureza pecuniária, no valor de três mil euros, atribuído directamente ao autor da obra premiada.
Com o propósito de enaltecer o seu trabalho, em 2022, o município aprovou um novo Regulamento Municipal de Atribuição do “Prémio Gaspar Fructuoso” que visa galardoar, anualmente, o autor ou autores da melhor investigação ou obra literária que contribua para a valorização, dignificação, engrandecimento e projeção da cidade e do concelho da Ribeira Grande.
Para o ano em curso, a modalidade a concurso incide sobre a temática Sociologia, Estudos Sociais e Demografia, na Ribeira Grande, podendo cada autor apresentar um máximo de dois trabalhos.
Os trabalhos a concurso devem ser entregues junto do Atendimento ao Munícipe da Câmara Municipal da Ribeira Grande, ou através de correio postal registado para a morada da Autarquia (morada indicada no regulamento) e dirigidos ao Júri do Concurso. Não serão aceites trabalhos cuja data do carimbo dos correios seja posterior à data limite para a entrega dos trabalhos.
A decisão do Júri será tomada no prazo máximo de noventas dias, contados a partir da data fixada para a entrega dos trabalhos, e os prémios serão entregues em cerimónia pública, durante a realização das Festas da Cidade da Ribeira Grande.
O regulamento e ficha de candidatura poderão ser consultados em https://www.cm-ribeiragrande.pt/gasparfructuoso/index.php/premio-literario-gaspar-fructuoso/.
O Prémio Literário tem como propósito de conferir uma maior relevância ao trabalho desenvolvido por Gaspar Fructuoso, figura “proeminente da história dos Açores e de relevo internacional, com particular importância para o concelho da Ribeira Grande”.
O prémio pretende dinamizar a investigação e a produção literária no e sobre o concelho da Ribeira Grande, galardoando, anualmente, o autor ou autores da melhor investigação ou obra literária que “contribua para a valorização, dignificação, engrandecimento e projecção do município”.

Edit Template
Notícias Recentes
FACE A FACE!… com Rui Carvalho e Melo
Francisco Matos: “Há modalidades nos Açores que formam campeões nacionais e que têm pouco apoio institucional na Região…”
Artista plástica Nina Medeiros expõe “Mau Feitio” no Convento de Santo António, na Lagoa
Jovens arquitectos denunciam numa exposição em Lisboa a urgência de proteger a lagoa das Sete Cidades da excessiva fertilização dos solos
Vila Franca do Campo vai ter Núcleo da Cáritas a partir do dia 2 de Março
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores