Edit Template

Ouvidoria de Ponta Delgada promove formação

A Ouvidoria de Ponta Delgada vai organizar uma formação para animadores de campo de férias para jovens das 18 comunidades paroquiais nos dias 24 e 25 de Fevereiro, no Centro Cívico e Cultural de Santa Clara, em Ponta Delgada, informa uma nota enviada ao Sítio Igreja Açores.
A iniciativa “Põe-te em campo”, levada a cabo pela zona pastoral da periferia, será conduzida pelo padre Hugo Gonçalves e pelos jovens Cláudia Lourenço e Bernardo Gomes, do Patriarcado de Lisboa.
“Foi uma necessidade que nós constatamos depois da Jornada Mundial da Juventude na qual tantos jovens de Ponta Delgada estiveram presentes. Depois de uma grande evento a pergunta que se coloca é o que se segue e nós achamos, na ouvidoria, que a dinâmica estava a esmorecer e por isso decidimos dar este passo para podermos seguir” afirmou ao Sítio Igreja Açores o ouvidor, padre Marco Sérgio Tavares.
“Esta formação que começará no Sábado de manhã e encerrará com almoço de Domingo, tem o objectivo de fornecer ferramentas para que se leve a cabo a iniciativa de um campo de férias juvenil no Verão, a exemplo do que se faz noutras dioceses” destaca a nota enviada ao Sítio Igreja Açores.
“Pretende-se com esta iniciativa dar voz ao ponto nº 20 da Proposta de itinerário pastoral para a Diocese de Angra que convida a acompanhar e aproveitar a dinâmica das Jornadas Mundiais da Juventude para a evangelização com os jovens”, destaca ainda o ouvidor sublinhando que esta formação, com vista à “implementação, ainda este ano se possível” de um campo de férias na ouvidoria pretende “dar continuidade ao espírito da Jornada”.
“Precisamos de encontrar nas várias paróquias pessoas que sejam líderes e que mobilizem os jovens pois sentimos que, nalgumas paróquias a pastoral juvenil está mais adormecida”, refere ainda o sacerdote.
Cada uma das 18 comunidades que compõem a Ouvidoria deverá fazer a inscrição gratuita de três pessoas/jovens que estejam “mais directamente ligados ao trabalho com a juventude nas paróquias, com perfil de líder e maturidade suficiente para dinamizarem actividades com jovens”. A ouvidoria pretende mobilizar para já cerca de 60 animadores que possam formar-se e crescer na liderança das actividades dirigidas aos jovens.
As inscrições serão enviadas para todas as paróquias, ficando a logística e fornecimento de refeições à conta da zona pastoral da periferia, que integra as paróquias de São Roque, Fajã de Baixo, Fajã de Cima, Arrifes, Covoada e Relva.

Edit Template
Notícias Recentes
Cuidar do nosso património
Flagelo da toxicodependência, falta de habitação e o agravamento da pobreza são as maiores dificuldades que afligem as famílias da Ribeira Seca
Presidente da Assembleia destaca importância do Museu do Parlamento no 1º aniversário
Bombeiros de Ponta Delgada vão transportar Coroado Município na Grande Coroação deste Domingo
“Um dos objectivos que distingue a RARA é a tentativa de afirmação do artesanato como uma profissão de futuro”
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores