Edit Template

Tudo igual na frente do Campeonato de Futebol dos Açores

O empate registado na Lagoa entre os principais candidatos ao título deixou tudo igual na liderança do Campeonato de Futebol dos Açores.
O Operário igualou a 1 golo com o Juventude Lajense, ficando ambos com 22 pontos quando a primeira volta terminou.
Com o Campo João Gualberto Arruda com mais de 600 espectadores, o jogo não esteve à altura das expectativas. As equipas foram cautelosas, daí o escasso número de ocasiões de golo.
A experiente equipa das Lajes, da Terceira, foi mais atrevida nos primeiros minutos e pode queixar-se de um penálti que não foi assinalado, aos 4m, por João Branco, numa falta clara na área do Operário. O duo micaelense Hugo Moniz e Filipe Andrade causaram muita apoquentação na defesa do conjunto da casa.
Aos poucos o Operário foi melhorando, mas só teve uma oportunidade de golo, quando John cabeceou à barra.
Na segunda parte o Juventude Lajense abriu o marcador aos 51 minutos, por Filipe Andrade, mas três minutos depois o Operário empatou. Um golo polémico.
Dani rematou de fora da área, defendendo Simão Carvalho para a frente. Rápido surgiu Diogo Medeiros a rematar a bola para a baliza, a quem foi oficialmente atribuído o golo. O árbitro assistente Márcio Almeida levantou a bandeirola, dando a entender estar Diogo Medeiros em posição irregular. O árbitro apontou o centro do terreno, tendo o auxiliar baixado a bandeira e corrido para o centro. Os protestos dos jogadores da equipa do concelho da Praia da Vitória foram intensos. Não se percebeu a justificação de João Branco. A arbitragem foi irregular e há mais razões de queixa para os lados do Juventude.
O Operário, apesar de ter mais posse de bola, não conseguiu criar perigo. A excepção foi mais um cabeceamento de John, já em período de compensação, com a bola a embater nas malhas laterais.
A grande surpresa da 9.ª jornada foi protagonizada pelo Urzelinense, que veio empatar a casa do Desportivo de São Roque, que recebeu no mês passado mais três jogadores: o guarda redes Vítor Vieira, de 31 anos, que estava no Vitória do Pico da Pedra, o médio uganês Apolo Razak, de 32 anos, vindo do Alcaçovense e após três épocas no Marítimo da Graciosa, e o avançado guineense, de 24 anos, Cadu Fino, ex-Águias de Moradal.
Os dois golos foram na primeira parte. João Sousa marcou para o Urzelinense e Leandro Anjos empatou, de penalti.
Outra surpresa veio do Vitória do Pico da Pedra, com o triunfo em Ponta Delgada sobre o irregular Clube União Micaelense. O golo na própria baliza de André Cordeiro, na segunda parte, ditou a quarta derrota após duas vitórias dos citadinos. O Vitória ficou a dois pontos do União.
Sexta derrota consecutiva do Benfica Águia e a sétima na prova. Reparte o último lugar com o Urzelinense. Perdeu na Praia da Vitória, por 2-1, com o Praiense, que marcou por Camilo Neto (48m) e Luciano Serpa (62m). Miguel Garcia (82m) apontou o golo da equipa da Ribeira Grande. Com 13 pontos em 18 possíveis nos últimos seis encontros, o Praiense já está no 3.º lugar.
Na ilha Graciosa, Sporting de Guadalupe e Angrense empataram a zero. O clube graciosense está a 6 pontos, o Angrense passou a 7 pontos do duo da liderança.
Resultados da 9.ª jornada: Operário – Juv. Lajense, 1-1; Desp. S. Roque – Urzelinense, 1-1; Praiense – Benfica Águia, 2-1; U. Micaelense – Vitória Pico da Pedra, 0-1; Sp. Guadalupe – Angrense, 0-0.
Classificação: 1.ºs Operário e Juv. Lajense, 22 pontos; 3.ºs Sp. Guadalupe e Praiense, 16; 5.º Angrense, 15; 6.º Desp. S. Roque, 12; 7.º União Micaelense, 11; 8.º Vitória Pico da Pedras, 9; 9.ºs Benfica Águia e Urzelinense, 2 pontos.

Edit Template
Notícias Recentes
Plano de Saúde2030 aprovado pelo Governo “garante igualdade nos resultados da saúde”
Vilafranquense regressa às Festas de São João da Vila e forma a Marcha do Emigrante com representantes dos Estados Unidos, Canadá, Bermuda e Inglaterra
Novo hotel Hilton é de “vital importância para o desenvolvimento da notoriedade internacional dos Açores”, afirma Duarte Freitas
Azeite e papo-seco foram os produtos que mais aumentaram de preço nos Açores entre Junho de 2023 e Maio de 2024
“O ioga é uma jornada profunda de auto-conhecimento”, afirma a instrutora Carolina Lino
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores