Edit Template

Corso de Carnaval com mais de 2.500 participantes animou as ruas de Ponta Delgada

O tradicional Corso de Carnaval, promovido pela Câmara Municipal de Ponta Delgada, realizou-se ontem e contou com cerca de 2.500 participantes, além dos familiares e curiosos que encheram as ruas do centro histórico da cidade. São Pedro ‘colaborou’ e as condições climáticas permitiram a realização do desfile.
À semelhança dos anos anteriores, a concentração teve lugar no Campo de São Francisco, pelas 10h00, terminando no mesmo local por volta do meio-dia. A abertura do desfile foi feita pela banda Back To The Funk, com uma actuação musical marcada por ritmos carnavalescos.
As ruas de Ponta Delgada encheram-se de confetes e serpentinas, que iam sendo deixados pelas crianças e jovens, e também pelos seniores e utentes de instituições de solidariedade social que participaram no cortejo.
Alguns grupos vestiram-se de acordo com um tema específico, já outros tinham liberdade para se disfarçarem do que queriam, mas todos estavam trajados a rigor. Desde os clássicos palhaços, de perucas com as várias cores do arco-íris, aos super-heróis, até outros disfarces como o caricato personagem Sponge Bob, flores, legos, jogadores de futebol, astronautas, pipocas, peixes, piratas, minions, rancho folclórico, entre outros disfarces, todos animaram a festa.
O Jardim de Infância Castelinho Encantado optou por um tema clássico de Carnaval: os palhaços. As crianças, com suas fantasias coloridas, trouxeram alegria e vivacidade ao desfile. A Creche/JI de São Pedro escolheu a temática “jardim”, onde as meninas eram as flores e os meninos os regadores. O Jardim de Infância Coração de Jesus optou pelos minions, já o Jardim de Infância Os Traquinas, cujo lema era “Rumo ao futuro”, vestiu-se de fatos espaciais. A Creche/JI Gente de Palmo e Meio tinha um misto de quebra-nozes, seguidos de uma máquina de pipocas.
O Colégio de São Francisco Xavier desfilou sobre o tema do seu cartaz: “Sede como um girassol na vida do teu irmão!”, com as crianças disfarçadas de girassóis e jardineiros. No Externato A Passarada, podia-se ver desfilar um grupo de crianças a tocar o bombo, seguido de super-heróis, jogadores de futebol, princesas e outros personagens. A Cooperativa de Ensino A Colmeia – disfarces variados, entre ninjas, Minnie, super-heróis, princesas, unicórnios, palhaços e outros. O Jardim Escola João de Deus deixou um apelo à sustentabilidade ambiental, podendo-se ler em um dos cartazes a mensagem: “Ar Puro, Futuro verde: plante árvores.”
Na EBI Canto da Maia o tema foi livre, com crianças trajadas de legos, pipocas, entre outros, e a EB2 Roberto Ivens, com o tema igualmente à escolha, continha jogadores de rugby, smiles, Sponge Bob e outros disfarces. A EB1/JI Matriz apostou no tema do mar, desfilando águas-vivas, estrelas do mar, moluscos e peixes.
Na iniciativa participaram um total de 26 escolas e instituições, mais concretamente seis creches/jardins de infância, cinco escolas básicas integradas, cinco estabelecimentos de ensino privado, três escolas profissionais e sete instituições.
No que toca a escolas, participaram o Jardim de Infância Castelinho Encantado, a Creche/JI de São Pedro, o Jardim de Infância Coração de Jesus, o Jardim de Infância Os Traquinas, a Creche/JI Gente de Palmo e Meio, o Colégio de São Francisco Xavier, o Colégio do Castanheiro, o Jardim- Escola João de Deus, o Externato A Passarada, a Cooperativa de Ensino A Colmeia, a EBI Canto da Maia, a EB2 Roberto Ivens, a EB1/JI Matriz, a EB1/JI Cecília Meireles, a EB1/JI Professor Doutor Alexandre Linhares Furtado, bem como ATLs da Divisão de Desenvolvimento Social da Câmara Municipal de Ponta Delgada.
No que diz respeito a instituições, marcaram presença a Associação de Pais e Amigos das Crianças Deficientes dos Açores, a Seara do Trigo, a Aurora Social, a Casa de Saúde de Nossa Senhora da Conceição, o Centro Intergeracional – Junta de Freguesia de São Sebastião e a Universidade Sénior de Ponta Delgada.
O roteiro do corso percorreu um total de dez ruas do centro de Ponta Delgada, nomeadamente a Rua Luís Soares de Sousa, a Rua Luís Bettencourt Medeiros e Câmara, a Rua de Santa Luzía, a Praça do Município, a Praça Gonçalo Velho Cabral, o Largo da Matriz, a Rua António José de Almeida, a Rua Machado dos Santos, a Rua Marquês da Praia e de Monforte e, por último, a Rua Gil Montalverne Sequeira, terminando no Campo de São Francisco.

Carlota Pimentel/Frederico Figueiredo

Edit Template
Notícias Recentes
Cuidar do nosso património
Flagelo da toxicodependência, falta de habitação e o agravamento da pobreza são as maiores dificuldades que afligem as famílias da Ribeira Seca
Presidente da Assembleia destaca importância do Museu do Parlamento no 1º aniversário
Bombeiros de Ponta Delgada vão transportar Coroado Município na Grande Coroação deste Domingo
“Um dos objectivos que distingue a RARA é a tentativa de afirmação do artesanato como uma profissão de futuro”
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores