Edit Template

Recados com Amor

Meus Queridos! Juntei em minha casa, na Rua Gonçalo Bezerra, as minhas amigas para um serão, em que não faltaram umas deliciosas malassadas e os coscorões, próprios da época carnavalesca que atravessamos, e para irmos seguindo o desenrolar das eleições para a Assembleia Legislativa dos Açores realizadas a 4 de Fevereiro… Logo a abrir o serão fomos “brindadas” com a sondagem feita… creio que pela Universidade Católica, que atribuía a vitória à coligação PSD, CDS e PPM… Nessas coisas de sondagens sou como São Tomé: “ver para crer”, porque como era uso dizer-se na minha casa, até ao lavar dos cestos é vindima! E assim decorreu o nosso serão, onde havia várias cores partidárias presentes, cada uma a puxar a “brasa à sua sardinha”…. E o que saiu na rifa foi a vitória da coligação em número de deputados e uma “queda” do PS, ao perder eleitorado e deputados, apesar de tudo ter feito para regressar ao Governo, anunciando até que ia manter medidas que tinham o “cunho” do Governo liderado pelo Presidente Bolieiro… Quando acabou a contagem de votos e “caiu o pano”, viu-se de tudo… O PS ficou gelado porque não contava perder as eleições, … A coligação PSD, CDS, PPM ficou no morno… porque foi a que ganhou as eleições e teve mais votos e mais deputados… mas ficou-se por uma maioria relativa… sujeita, depois, aos humores de cada Deputado eleito pela “compensação”…Mas, antes disso, chegou… o Chega, que se apresentou publicamente como o grande vencedor da noite, apesar de ter tido o mesmo numero de deputados pelo círculo de São Miguel igual ao que teve nas eleições em 2020… manda a verdade dizer que ele subiu para três, ao juntar o Deputado eleito pela Terceira… e só no final da contagem consegui eleger mais dois deputados pelo circulo da compensação… Não há dúvida que passou a ser a terceira força politica na Região, mas isso não chega para reclamar pelo lugar de Vice-presidente do próximo Governo! As minhas amigas gostaram muito do serão, mas algumas saíram com um “amargo de boca” quanto ao futuro político na Região, e a minha Prima Maria da Praia disse-me que pelo andar da carruagem… lá para meio deste ano… antes de começarem as férias ainda podemos ter de ir novamente a eleições….

Meus Queridos! Voltando ainda às eleições da semana passada, a minha prima Maria da Praia diz que não percebeu a que propósito vieram de Portugal analistas e comentadores nacionais para opinarem na RTP/Açores os resultados das eleições e o contágio que poderiam ter a nível nacional, … deixando num canto os comentadores regionais que ficaram ofuscados… perante os doutos analistas nacionais, que andaram a contaminar as eleições regionais com as eleições nacionais… A minha prima Maria da Praia diz que gostava de saber se a iniciativa da vinda dos analistas nacionais partiu da Direcção da RTP/Açores ou se foi imposta pela RTP/nacional…

Ricos! Quinta-feira, um punhado de donos da lavoura micaelense decidiram sair à rua manifestando-se e pedindo melhores condições para o sector… até aí tudo bem, mas depois, a minha comadre Angélica, que apanhou pela estrada que vai desde a rotunda do “Peixe Assado” até Santana,… um conjunto de tractores enormes que custam uma pipa de massa, provando desse modo que as coisas não vão tão mal assim como dizem… face a quem quer casa e não pode compra-la porque não consegue pagar as prestações que os bancos pedem… Mas a minha comadre Angélica que teve de fazer o percurso da manifestação dos lavradores até à Associação Agrícola porque tinha um almoço no restaurante da Associação combinado com uma amiga que é médica e que tinha vindo em serviço a um dos hospitais da Região, ficou menente quando se apercebeu que a maioria dos manifestantes pertencia a um partido político e que estavam a fazer politica e não a defender os interesses dos agricultores, quando se insurgiram contra os responsáveis da Associação Agrícola, reclamando a demissão da direcção… Pela amostra, o que está para vir não augura nada de bom! Temos de nos preparar para o tempo agreste que se vai seguir às chuvas e ventos que nos têm fustigado! Tenham tino, ricos…

Ricos! A minha sobrinha neta que está a concluir o seu curso sobre Administração Publica na Universidade de Aveiro, e que veio passar o carnaval a São Miguel com a família, contou-me a propósito dos seus estudos… que com a legislação que existe em Portugal e juntando a que é impingida pela União Europeia, não há quem esteja livre de ser investigado de um momento para o outro, por qualquer negócio que tenha em carteira, e lá me contou o imbróglio em que está metido o Partido Comunista Português e uma empresa de gestão Imobiliária e Construção… por causa de um negócio em que o PCP “permutou”, em Junho de 2023, de um antigo imóvel chamado “Vivenda Aleluia”, um edifício construído em 1929 e situado na principal avenida da cidade de Aveiro, e que o partido havia comprado em 2014 por 350 mil euros… incluindo cinco fracções de terreno às quais foi atribuído no contrato o valor de 800 mil euros, onde vai nascer um novo edifício de sete andares que a imobiliária vai construir no local.  A minha sobrinha neta diz que segundo foi divulgado na imprensa nacional, tal permuta permitiu uma mais-valia de 129% face ao valor que o PCP pagara pela aquisição do imóvel em 2014… No mesmo dia do contrato de permuta, a empresa adquirente anunciou que havia contraído um empréstimo de cinco milhões de euros com a Caixa Geral de Depósitos dando como garantia o lote de terreno da Vivenda Aleluia.  Acontece que esse negócio entre um partido político e uma empresa privada gerou importantes mais-valias para o PCP e tal como acontece com outros negócios,… está a ser investigada pelo Ministério Público porque em causa estará a suspeita de financiamento partidário ilegal, que se tornou crime público desde 2010, coisa que pouca gente deve saber. O inquérito que decorre na Procuradoria-geral da República, terá surgido na sequência da investigação feita por um jornal sobre o negócio, apesar da gerente da empresa que é parte no negócio ter dito que se trata de um negócio “exactamente igual a tantos outros iguais celebrados entre a imobiliária e o partido. Fiquei banzada com semelhante noticia, porque não conhecia os dotes empresariais do PCP para negócios imobiliários… Não sendo mulher de me meter nos negócios seja de quem for… desde que feitos nos termos legais, estou curiosa para ver qual vai ser o resultado da investigação que a Procuradoria-geral da República está a fazer aos negócios do PCP… e que invoca estar a investigação em segredo de Justiça para prestar qualquer esclarecimento,… postura que entendo estar correcta, mas que devia acontecer com todos os processos de investigação que estão a decorrer naquele órgão que depende do Governo!

Meus Queridos! E por falar em Procuradoria-geral da República, quero dizer que finalmente merece louvor a decisão tomada pela Procuradora-geral da República, Lucília Gago, ao impedir a participação de vários procuradores numa conferência prevista, em Lisboa onde ia ser debatida a forma e o conteúdo dos grandes processos judiciais. O programa do evento incluía, na lista de oradores, nomes como o Procurador Rosário Teixeira, que liderou a investigação a José Sócrates, mas também Ana Carla Almeida, responsável pelo caso da compra de golas anti-fumo, processos que ainda decorrem os seus trâmites nos tribunais o que certamente levou a Procuradora-geral da República a não autorizar a presença dos ditos magistrados por entender que este não é o momento oportuno para discutir os mega-processos… e eu acrescento, que a discussão desses processos numa “Conferencia” realizada não sei por quem… era trazer a Justiça para a praça pública, com todas as consequências daí advenientes para um “poder” que tem de pautar o seu trabalho pela verdade dos factos e não pelas denuncias anónimas que depois formam a convicção em quem conduz e julga os supostos prevaricadores… Mas, o que me deixa furiosa, é ainda um tal antigo Procurador-adjunto, António Cluny ter vindo a público dizer que a proibição da Procuradora Geral Lucília Gago é uma decisão inédita e que deve ser muito bem explicada!…. É caso para dizer que a Justiça em Portugal está contaminada por doença grave que precisa ser tratada para evitar males maiores!

Edit Template
Notícias Recentes
AICOPA desafia Governo dos Açores a pagar dívidas em atraso às empresas de construção
Governo e oposição de candeias às avessas sobre as alterações que o investimento no HDES vai provocar no Plano e Orçamento para 2024
Prisão preventiva para suspeito de sete assaltos em Ponta Delgada
Cantor Roberto Carlos com concerto no Coliseu Micaelense a 19 de Setembro
PSP detém dois suspeitos de furto no concelho da Ribeira Grande
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores