Edit Template

Confirmada pena de três anos de prisão para jovem de 22 anos por violência doméstica nas Capelas

O Comando Regional da Polícia de Segurança Pública dos Açores, no âmbito da sua actividade operacional regular, desenvolvida pelas Divisões Policiais e de Segurança Aeroportuária e Controlo de Fronteiras, procedeu à detenção de 17 indivíduos, de ambos os sexos, dos quais 16 foram detidos pela Divisão Policial de Ponta Delgada.
Foi executado um mandado de detenção e condução, emanado pela Autoridade Judiciária competente, de um indivíduo, de 22 anos, na vila de Capelas para cumprimento de pena de três anos de prisão efectiva, pela prática do crime de violência doméstica.
Foi detido um indivíduo, de 56 anos, no concelho da Ribeira Grande, pela suspeita da prática do crime de violência doméstica contra o seu cônjuge.
Na freguesia da Ribeirinha, no concelho da Ribeira Grande, foi detido um indivíduo, de 45 anos, pela presumível prática do crime de violência doméstica contra o seu cônjuge.
Foi detido outro indivíduo, de 45 anos, no concelho de Vila Franca do Campo, pela suspeita da prática do crime de violência doméstica contra o seu cônjuge.
Foram detidos dois indivíduos, de 35 e de 43 anos, no concelho de Ponta Delgada, ambos pelo crime de resistência e coação sobre funcionário, em ocorrências policiais distintas. Dois indivíduos, de ambos os sexos, de 31 e de 40 anos, foram detidos em flagrante delito, no concelho da Ribeira Grande, pelo crime de introdução em local vedado ao público (residência), através de arrombamento.
Na vila de Capelas, do concelho de Ponta Delgada, foi detido um indivíduo, de 34 anos, pelo crime de desobediência, mais concretamente condução de veículo com carta apreendida e por recusa da realização de teste de controlo de alcoolemia.
Foi, também, executado um mandado de detenção e condução, emanado pela Autoridade Judiciária competente, de um indivíduo, de 42 anos, no concelho da Ribeira Grande, para cumprimento de pena de cinco anos de prisão efectiva, pelo crime de tráfico de estupefacientes.
Foi executado outro mandado de detenção e condução, de um indivíduo, de 58 anos, no concelho de Vila Franca do Campo, para cumprimento de pena de um ano de prisão efectiva, pelo crime de furto.
Foram, ainda, executados três mandados de detenção e condução, de três indivíduos, com idades entre os 22 e os 46 anos, nos concelhos de Ponta Delgada e de Vila Franca do Campo, para assegurar a presença em diligências processuais no tribunal.
Foram detidos dois indivíduos, de 55 e de 57 anos, no concelho da Ribeira Grande, pelo crime de condução de veículo sob a influência de álcool, apresentando uma taxa superior a 1,20 gramas por litro.
A Divisão Policial de Angra do Heroísmo deteve um homem, de 29 anos, no concelho de Angra do Heroísmo, pelo crime de condução de veículo sob a influência de álcool, apresentando uma taxa superior a 1,20 gramas por litro.
Foi realizada uma operação de fiscalização rodoviária, no concelho de Angra do Heroísmo, onde foram detectadas seis infracções do Código de Estrada.
Nos Açores, no período de 9 a 11 de Fevereiro, foram registados 23 acidentes de viação que provocaram quatro feridos, além dos danos materiais.
O Comando Regional da PSP dos Açores recomenda a todos os cidadãos ou vítimas que, sempre que tenham conhecimento de situações suspeitas ou relacionadas com a prática de ilícitos, contactem, no mais curto espaço de tempo e por qualquer via, qualquer Esquadra da PSP, a fim de accionar a intervenção policial em tempo útil e em prol de um melhor serviço à comunidade.

Edit Template
Notícias Recentes
Plano de Saúde2030 aprovado pelo Governo “garante igualdade nos resultados da saúde”
Vilafranquense regressa às Festas de São João da Vila e forma a Marcha do Emigrante com representantes dos Estados Unidos, Canadá, Bermuda e Inglaterra
Novo hotel Hilton é de “vital importância para o desenvolvimento da notoriedade internacional dos Açores”, afirma Duarte Freitas
Azeite e papo-seco foram os produtos que mais aumentaram de preço nos Açores entre Junho de 2023 e Maio de 2024
“O ioga é uma jornada profunda de auto-conhecimento”, afirma a instrutora Carolina Lino
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores