Edit Template

Taça Revelação: Terceiro empate do Santa Clara

O Santa Clara registou, na manhã de Terça-feira de Carnaval, no relvado do campo de futebol das Laranjeiras, em Ponta Delgada, o terceiro empate na segunda fase de apuramento para a Taça Revelação, prova destinada ao escalão de Sub-23.
O empate foi a um golo diante do Rio Ave, que esteve melhor na primeira parte, embora tenha pertencido ao Santa Clara as duas melhores oportunidades de golo, com jogadores isolados em frente ao guarda-redes da equipa de Vila do Conde.
A partir dos 40 minutos o Santa Clara jogou com 10 atletas. O avançado Jean Freire foi expulso, porque entendeu o árbitro ter sido agressão a um atleta contrário quando se dele procurava desenvencilhar-se para ficar isolado.
Com uma postura mais cuidada no aspecto defensivo na segunda parte, o Santa Clara marcou aos 49 minutos. Boa jogada iniciada pelo reforço Daniel Borges Silva, médio defensivo ex-Atlético Mineiro (melhor em campo), que endossou a bola a Edgar Costa. Numa jogada individual conseguiu rematar. A bola tabelou no defesa do Rio Ave Rui Morgado, a quem foi oficialmente atribuído o golo.
O Rio Ave empatou aos 65m, por Fodelicio Pereira, o melhor da equipa vilacondense, depois de um livre lateral.
Até final o Santa Clara teve várias oportunidades para fazer o 2-1, mas Nelson Pereira, entrado aos 60m para o lugar de Tiago Duarte, esteve muito perdulário, além das duas defesas de gabarito do guarda redes Lucas Oliveira. Maycom também teve uma oportunidade flagrante.
O desgaste por ter jogado com menos um elemento 58 minutos não impediu de uma entrega notável dos atletas da equipa micaelense.
Resultados da 6.ª jornada: Santa Clara – Rio Ave, 1-1; Ac. Viseu – Sp. Braga, 2-1; Portimonense – Mafra, 2-0 e Leixões – Farense, 1-2.
Classificação: 1.º Sp. Braga, 25 pontos; 2.º Académico de Viseu, 20; 3.º Santa Clara, 18; 4.ºs Portimonense e Farense, 16; 6.º Rio Ave, 13; 7.º Leixões, 12 e 8.º Mafra, 6 pontos

Limpeza da bancada

Com jogos oficiais no Campo das Laranjeiras, registando-se afluências de pessoas em número razoável, justifica-se um maior cuidado nas bancadas situadas a poente, as únicas abertas ao público.
Uma limpeza das folhas, das ervas e dos musgos, cujo estado revela estarem por ali há muitos anos, é uma tarefa que tem de ser atendida pelo Serviço de Desporto de São Miguel.

Edit Template
Notícias Recentes
Mulheres em situação de sem-abrigo em São Miguel estão “em profundo sofrimento psicológico pela situação em que vivem”
Sónia Melo distinguida com o Prémio Cinco Estrelas Regiões na categoria chef privada
“O folclore é sempre o parente mais pobre da cultura”, afirma Filomena Loura, Presidente do Grupo Folclórico da Lomba do Cavaleiro
Tem crescido o número de caravelas-portuguesas avistadas nas zonas balneares do continente e Açores
Comunidade açoriana de Rhode Island apela a David Neeleman para a Breeze Airways fazer voos directos para os Açores
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores