Edit Template

Quatro açorianos detidos nos EUA pela morte de um bebé de 17 meses e decorre campanha para angariar fundos para o funeral

A morte de um bebé de 17 meses em Pawtucket, no estado de Rhode Island, nos Estados Unidos da América, levou à detenção de quatro açorianos, naturais da vila de Rabo de Peixe, com idades compreendidas entre os 22 e 32 anos,
Após a chegada ao apartamento onde os quatro suspeitos moravam, a polícia encontrou o bebé com “vários hematomas no rosto”, “sem reação a estímulos” e “sem respiração”. Dado o estado da criança, foi transportada de imediato para o hospital e foi declarado morto no local, apesar das várias tentativas de salvação. A polícia divulgou a identificação dos quatro detidos, sendo três mulheres: Carolina Ledo, de 22 anos, Carla Sousa, de 32 anos e Daniela Ledo, de 25 anos, e um homem – João Resendes, de 25 anos. O principal arguido é João Resendes, pai do bebé, que está a ser acusado de cinco crimes: um crime por homicídio, três de abuso sexual e um de exposição de menor ao perigo, de acordo com a “CMTV”.
“O teu filho está morto, não digas nada a ninguém”, o pai terá escrito esta mensagem à mãe do bebé, Carolina Ledo, segundo apurou o Correio da Manhã.
A caução de João Resendes foi fixada nos 100 mil dólares (aproximadamente 93 mil euros), obrigado a entregar o seu passaporte e de assinar uma renúncia à extradição para Portugal.
A próxima aparição do arguido vai acontecer no Tribunal Superior para uma conferência de pré-julgamento, no dia 20 de Março.
As três açorianas, Carla, Carolina e Daniela, foram acusadas por negligência, por terem exposto o bebé ao perigo, mas foram libertadas pelo tribunal.
Entretanto, há uma campanha de angariação de fundos a decorrer na plataforma GoFundMe para a realização do funeral de Santiago, para atingir os 5 mil dólares, valor que tinha sido praticamente alcançado.

Edit Template
Notícias Recentes
“É urgente a necessidade de reduzir o número de utentes por Médico de Família”, diz Maria Teresa Albergaria
Jaime Oliveira foi um dos cinco açorianos que ao lado de Salgueiro Maia desceram de Santarém a Lisboa no dia 25 de Abril de 1974: “Tive medo…”
“Temos muita fé no Divino Espírito Santo”, afirmamos mordomos dos Remédios da Bretanha
Câmara de Ponta Delgada estuda solução para o trânsito na Alameda de Santa Teresa
19 medalhas de ouro, 19 de prata e 18 de bronze no Campeonato Regional das Profissões
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores