Edit Template

Festival Azores Burning Summer celebra 10.º aniversário com Mayra Andrade, Moullinex e uma noite dedicada a Cabo Verde

O Azores Burning Summer decorre entre os dias 30 e 31 de Agosto e já são conhecidos grandes destaques desta edição que marca os dez anos do Festival, entre eles, Maya Andrade, Moulinex Live e uma noite dedicada a Cabo Verde.
Premiado e certificado na vertente da sustentabilidade e distinguido pela qualidade da sua organização e programação alternativa, o Eco Festival Azores Burning Summer afirmou-se no contexto nacional e internacional constituindo uma proposta de qualidade distinta e reconhecida na agenda cultural e de animação turística dos Açores.
Para além da música, este festival destaca-se por incluir cinema, debates, ecodesign, veículos elétricos, land art e ações comunitárias, sendo este “um evento de acesso equilibrado que valoriza a qualidade da experiência por parte do público e a sua relação com a natureza envolvente”.
A ligação do Azores Burning Summer às músicas do mundo, em especial à música africana, é uma das características mais marcantes deste festival, cada vez mais cosmopolita.
A primeira noite da 10.ª edição do Eco Festival Azores Burning Summer será especialmente dedicada a Cabo Verde, tendo como principal atracção a artista Mayra Andrade, que se estreia nos Açores com o projecto “reEncanto”. Acompanhada pelo compatriota Djodje Almeida na guitarra acústica, Mayra convida-nos a redescobrir algumas das suas canções mais belas, percorrendo a sua discografia desde Navega (2006) até Manga (2019).
Para a segunda noite, foram convidados alguns dos artistas mais marcantes das edições passadas do Festival. Moullinex regressa ao Burning com uma série de músicos convidados para um concerto especialmente concebido para celebrar a 10.ª edição do Festival. Moullinex é o alter ego do produtor português, DJ e multi-instrumentista Luís Clara Gomes. Desde contemplações melancólicas na electrónica à house e discos mais exuberantes, o seu trabalho tem colhido vários elogios à escala global tanto do público como da crítica.
De acordo com Filipe Tavares, Director do Festival e Presidente da ARTAC, “o Azores Burning Summer é um festival de Verão imperdível que nasceu com o propósito de celebrar a mítica Praia dos Moinhos e deixar um contributo positivo na sociedade através da promoção da sustentabilidade. Actualmente, cerca de 35% do nosso público são turistas e conseguimos garantir que mais de 80% do nosso investimento seja direccionado para empresas e profissionais dos Açores. O Burning cresceu sem desvirtuar a sua identidade nem penalizar o lugar onde acontece, muito pelo contrário.
O festival apresenta um programa alternativo onde a qualidade e a diversidade das propostas são prioridade. Apostamos nas músicas do mundo como forma de unir as pessoas em torno de causas comuns. Sinto que o festival tem conquistado a comunidade cabo-verdiana que reside nos Açores e isso evidencia um dos principais objectivos do projecto, aproximar diferentes culturas e trocar experiências.”
A edição de 2023 do Eco Festival Azores Burning Summer alcançou 7 nomeações para o Iberian Festival Awards 2024, sendo finalista em 4 categorias: melhor promoção Turística, melhor programa cultural, melhor contributo para a igualdade e melhor contributo para a sustentabilidade. A gala de entrega de prémios terá lugar em Granada, no dia 15 de Março de 2024.
De acordo com a CISION, entidade independente, líder mundial em serviços de RP e comunicação, o Azores Burning Summer registou um valor recorde de 19.3 milhões de impressões (audiência) e um valor equivalente em publicidade (AVE) estimado em 1.2 milhões de euros, dados que revelam a importância da aposta do sector público e privado na realização de eventos de qualidade e reconhecimento comprovado.
O festival estabeleceu uma lotação máxima diária de 2.500 pessoas, que corresponde a 75% da capacidade máxima do recinto. Deste modo é garantida a qualidade no atendimento, o conforto e segurança necessários para que o público tenha uma experiência inesquecível.
A 10ª edição do Azores Burning Summer conta com o apoio da Câmara Municipal da Ribeira Grande, Junta de Freguesia do Porto Formoso, Governo dos Açores, Governo de Cabo Verde, NOS Açores entre outros patrocinadores. Os bilhetes estão disponíveis na plataforma do Azores Burning Summer e da seetickets.

Edit Template
Notícias Recentes
“É urgente a necessidade de reduzir o número de utentes por Médico de Família”, diz Maria Teresa Albergaria
Jaime Oliveira foi um dos cinco açorianos que ao lado de Salgueiro Maia desceram de Santarém a Lisboa no dia 25 de Abril de 1974: “Tive medo…”
“Temos muita fé no Divino Espírito Santo”, afirmamos mordomos dos Remédios da Bretanha
Câmara de Ponta Delgada estuda solução para o trânsito na Alameda de Santa Teresa
19 medalhas de ouro, 19 de prata e 18 de bronze no Campeonato Regional das Profissões
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores